David Bowie é homenageado com sua própria constelação

Por Redação | em 18.01.2016 às 17h50

Stardust for Bowie

Os cientistas registraram uma constelação em homenagem ao cantor David Bowie. O conjunto é formado por sete estrelas que brilham na forma de um raio, uma clara referência à maquiagem emblemática que imortalizou o rosto do artista.

A homenagem foi uma iniciativa de astrônomos belgas, que anunciaram o registro da constelação "Aladdin Sane", nome do álbum cuja capa traz a icônica foto em que o cantor aparece com um raio pintado no rosto.

Esta é uma homenagem mais do que apropriada para Bowie, que usou o universo como inspiração fundamental ao longo de sua carreira. Um bom exemplo é a música Space Oddity, que narra a aventura espacial do astronauta Major Tom, abandonado na órbita da Terra. Outro exemplo conhecido é o disco The rise and fall of Ziggy Stardust and the spiders from Mars, que relata a história do extraterrestre Ziggy Stardust.

As estrelas escolhidas para formar a constelação no formato desejado foram Sigma Librae, Spica, Alpha Virginis, Zeta Centauri, SAA 204 132, e Beta Sigma Octantis Trianguli Australis — que ficam localizadas nas imediações de Marte. A criação da constelação é parte do projeto Stardust for Bowie, onde fãs podem usar o Google Sky para adicionar trechos de suas canções favoritas de Bowie por meio de notas que farão parte de uma constelação virtual. 

Bowie morreu no dia 10 de janeiro de 2016, aos 69 anos de idade, após uma batalha de 18 meses contra o câncer. Ele nasceu em 1947, no bairro londrino de Brixton. Aos 13 anos, aprendeu a tocar saxofone, e aos 15 começou a tocar em bandas. O sucesso chegou em 1969, com o lançamento de Space Oddity.

Via The Guardian

Veja também:

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar