Com smartphones de ponta, novos Moto vão ter leitor de impressão digital em 2016

Por Redação | em 12.01.2016 às 08h50

MOTOROLA MOTO X FORCE

Apesar do fim no nome Motorola como conhecemos, a Lenovo está trabalhando em grandes novidades para a sua nova linha Moto. Segundo a empresa chinesa, essa nova fase da marca vai ser totalmente dedicada a dispositivos de ponta e uma das provas disso é que todos os novos aparelhos lançados em 2016 vão chegar já com um scanner de impressão digital embutido. Assim, apesar de muita gente ter se lamentado pelo fim da Motorola, o seu futuro tende a ser ainda mais interessante.

E o anúncio da Lenovo em relação às impressões digitais é uma novidade e tanto, já que a Motorola seguia como uma das únicas fabricantes a deixar essa tecnologia de fora de seus dispositivos. Segundo o site Digital Trends, uma das razões para essa ausência poderia estar exatamente o fato da empresa não ter conseguido encontrar um bom fornecedor para isso.

No entanto, ao mesmo tempo em que a nova linha Moto vai se tornar um dos carros-chefes da Lenovo, a fabricante chinesa traz más notícias para quem tinha dispositivos intermediários da Motorola. Segundo o chefe do departamento mobile Chen Xudong, as linhas Moto G e Moto X estão mortas. A ideia é unificar essa categoria de produtos com aquilo que a Lenovo já produz e, por isso, não faz sentido mantê-las — ainda mais quando o Moto X Play e o Moto X Style não conseguiram repetir o sucesso do Moto X original.

Em compensação, a expectativa é que a saída desses produtos intermediários dê à Lenovo mais espaço para trabalhar com os próximos Moto. Além do leitor de impressões digitais, a empresa também confirmou que eles terão tela de cinco polegadas, mas não chegou a entrar em detalhes em relação às especificações — e esse é um ponto crucial dentro do futuro da marca. Como o Digital Trends relembra, a Motorola deixou a desejar em termos de configuração de seus smartphones e também no preço, e esses foram um dos fatores determinantes para a queda nas vendas.

De qualquer forma, o futuro dos novos Moto são mais do que aguardados pelo consumidor e pela própria indústria. A Motorola sempre foi um nome muito forte e presente na indústria, sobretudo aqui no Brasil, onde ela emplacou produtos que marcaram época. Afinal, quem nunca teve um Motorola V3 no início dos anos 2000? Assim, o futuro da companhia interessa a todos, ainda mais com essa promessa da Lenovo de transformá-la em algo capaz de bater de frente com os gigantes do mercado.

Via: Digital Trends

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar