Microsoft admite que sua situação no mercado de smartphones é insustentável

Por Redação | em 05.01.2016 às 07h56

MICROSOFT LUMIA 640

Atualmente, a participação da Microsoft no mercado de smartphones está realmente muito baixa, pois o sistema da empresa ainda vive na sombra dos gigantes iOS e Android. A companhia tem tentado diversas formas de ganhar posições na lista de sistemas operacionais móveis mais usados, mas parece que esta difícil batalha está longe de ter um final feliz para a empresa de Redmond.

Recentemente, o CEO Satya Nadella admitiu durante uma entrevista que a quota da Microsoft é insustentável. Os números mais recentes do Gartner revelaram que a fatia de participação da empresa no mercado mobile é de apenas 1,7%, mas Nadella acredita que o segredo do sucesso está além destes números. 

"Eu acho que nós mesmos fazemos um desserviço ao medir nosso sucesso apenas olhando para 'qual é a quota de mercado do HoloLens? Qual é a quota de mercado do Xbox? Qual é a quota de mercado dos PCs? Qual é a quota de mercado dos nossos smartphones?'", disse o CEO ao BuzzFeed.

Para o executivo, a Microsoft está buscando criar um mundo onde o dispositivo em si seja menos importante do que os serviços que ele está tentando acessar – algo que a empresa está supostamente tentando alcançar com o Windows 10, especialmente porque ele oferece uma experiência unificada entre o desktop e os dispositivos móveis.

"Voltando ao que eu disse sobre mobilidade da experiência [do usuário]. Às vezes, o usuário vai usar todos os dispositivos... às vezes, eles vão usar apenas um ou dois dos nossos dispositivos e algumas outras plataformas – que assim seja. Mas nós queremos ter certeza de que estamos completando a experiência em todos os dispositivos", completou Nadella.

Via Ubergizmo

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar