Tendências tecnológicas para 2013

Por Redação em | 31.12.2012 às 17h40

Big data

Com 2013 se aproximando, as empresas especializadas no segmento estão a todo vapor divulgando tendências e previsões para o mundo da tecnologia para o próximo ano. Dentre todas que vimos até agora, o Big Data se destaca na grande maioria delas.

O vice-presidente e CTO da Hitachi Data System, Hu Yoshida, também divulgou os desafios e oportunidades que prevê para os negócios em 2013. Entre os destaques estão os custos relacionados ao universo de TI, bem como a organização dos dados gerados pelas empresas. 

Segundo Yoshida, os profissionais do segmento de tecnologia da informação precisam estar preparados para atender uma demanda do mercado, que diz respeito a desafios com orçamento e tempo limitados. Confira as principais tendências tecnológicas descritas pelo vice-presidente da Hitachi Data System.

1. Custos operacionais X Custos de hardware

Os custos operacionais (OPEX) têm apresentado um crescimento elevado nos últimos anos, enquanto o custo do hardware (CAPEX) se manteve relativamente estável. O custo total relacionado ao armazenamento de dados apresentou um aumento médio de 7% nos últimos 10 anos, e acredita-se que em 2013 deve crescer ainda mais. Segundo Yoshida, o CAPEX terá tendência de alta em 2013 e se tornará uma grande parcela do custo total de propriedade por causa do aumento da funcionalidade no hardware e da demanda por capacidade de armazenamento.

2. Novos modelos de consumo

A tendência é que as empresas não façam mais estoque de equipamentos de hardware, elas devem adquirir apenas aquilo que precisarem no momento em que precisarem. Para isso, as empresas necessitarão aproveitar tecnologias e recursos como o provisionamento dinâmico do armazenamento, a virtualização e a migração de dados sem interrupções. Os fornecedores de armazenamento poderão também oferecer serviços gerenciados para as organizações, auxiliando-as a converterem CAPEX em OPEX.

3. Gerenciar a explosão da replicação dos dados

O repositório de banco de dados para armazenar objetos, metadados, definição de classes e propriedades, conhecido como object store, vão ajudar a resolver os problemas gerados pela replicação de dados. Essa replicação se dá principalmente devido a realização de backups e ao crescimento acelerado de dados. Os objects stores auxiliarão a resolver a questão reduzindo a necessidade de executar backup e replicar dados não modificados.

4. Controladoras com memória flash

Até hoje, o uso de drives de estado sólido (SSD) flash de alto desempenho nas empresas foi lento devido ao alto preço e durabilidade limitada em comparação com os drives de disco rígido. Em 2013, as controladoras flash com processadores avançados desenvolvidos especificamente para sistemas de armazenamento corporativos, aumentando a durabilidade, o desempenho e a capacidade da memória flash, serão introduzidos no mercado.

5. Novos requisitos para sistemas de armazenamento corporativo de nível básico

O uso crescente de hipervisores como VMware e de aplicações como os VDI transformaram os requisitos para sistemas de armazenamento de médio porte. O desnível entre arquiteturas corporativas e midrange está se reduzindo à medida que o mercado começa a exigir sistemas de armazenamento corporativo de nível básico. Esses sistemas trazem escalabilidade vertical com maiores cargas de trabalho ao adicionar mais processadores, portas e cache, e ainda oferecem uma referência de preço para o mercado midrange.

6. Sistemas de arquivos baseados em objetos

Os sistemas de arquivos convencionais não vão dar conta da quantidade de dados não estruturados que está sendo gerado a cada dia. Eles precisarão ser substituídos por arquivos baseados em objetos, que os tornam maiores e mais escaláveis. Gerenciar dados e metadados de sistemas de arquivo baseados em objetos possibilita restauros rápidos, permite alto desempenho no acesso aos arquivos e oferece a criação automatizada de camadas de arquivo.

Saiba mais: Big data: seus dados perderam a estrutura, e agora?

7. Plataformas de conteúdo para arquivos e compartilhamento de dados em alta

A necessidade dos usuários de correlacionar diversas informações provenientes de diferentes aplicações vai chamar a atenção para a necessidade do uso de plataformas de conteúdo para arquivos e compartilhamento de dados no próximo ano. Apesar da virtualização do armazenamento de dados possibilitar que aplicativos compartilhem recursos de armazenamento, as informações de cada aplicação ficam presas em locais separados.

8. Controladoras de armazenamento devem se adaptar às novas cargas de trabalho

As controladoras de armazenamento estarão equipadas com processadores avançados e ASICs com assistência a hardware. Os jogos de componentes devem lidar com cargas de trabalho cada vez mais complexas e processamentos mais intensos, lembrando que o mercado vai exigir custo menor para processos mais complexos.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

FIQUE ATUALIZADO
RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS POR E-MAIL