Quanto você gasta de energia com aparelhos do dia-a-dia?

Por Redação | em 16.12.2014 às 18h55 - atualizado em 05.01.2015 às 09h25

energia

Quanto um iPhone, um carro elétrico ou algum popular dispositivo eletrônico custa para seu bolso? A revista Forbes montou uma lista com 16 exemplos e fez o cálculo, baseado no consumo médio de cada aparelho. O Canaltech refez os valores de acordo com o preço do quilowatt-hora (kWh) em São Paulo, que custa R$ 0,28.

iPad: R$ 3,36 por ano.

Se você drenar completamente e carregar seu iPad a cada dois dias, ele vai usar cerca de 12 kWh por ano.

Telefones celulares: R$ 0,56 por ano.

A bateria do iPhone possui uma carga de 1440 mAH, ou cerca de 5,45 horas watt. Se você drenar completamente e recarregar seu telefone todos os dias, consecutivamente, ao longo de um ano, terá que alimentá-lo com cerca de 2000 horas watt ou 2 kWh. Ou seja, neste caso, o trimestre de recarga custaria em média R$ 0,14, o que acaba com aquela culpa por utilizar a eletricidade de lojas aleatórias.

Computadores portáteis: R$ 20,16 por ano.

Laptops e máquinas portáteis semelhantes usam em média cerca de 72 kWh, o que custa R$ 20,16 por ano.

TV Plasma de tela grande: R$ 100 por ano.

As tevês de plasma de tela grande consomem aproximadamente 360 kWh de energia elétrica por ano, em consumo médio de cinco horas de exibição por dia. As de LCD usam menos energia e gastam o equivalente a R$ 40.

Xbox: R$ 109,10 por ano.

Tanto a Microsoft quanto a Sony conseguiram diminuir o consumo de eletricidade utilizado pelos videogames Xbox e PlayStation, respectivamente, principalmente a cada novo lançamento. Ainda assim, as máquinas precisam de considerável energia e gastam cerca de R$ 109,10 ao ano, de acordo com o valor do dólar nesta semana.

Lâmpada de 60 watts: R$ 61,6 por ano.

As lâmpadas incandescentes poderiam ser chamadas de "lâmpadas de calor", já que 90% do que emitem é calor e não luz. Ao utilizar uma lâmpada padrão de 60 watts por 10 horas por dia, ao final do ano você deve desembolsar R$ 61,6.

Lâmpada LED: R$ 10,36 por ano.

O melhor jeito de economizar energia com lâmpadas é usando as LED, que oferecem a mesma quantidade de luz de uma incandescente de 60 watts e só consomem o equivalente a uma de 10 watts. Para um uso diário de 10 horas por dia, o consumo anual de energia será somente de 37 kWH, que somam R$ 10,36.

Computadores de mesa: R$ 84 (mais R$ 25) por ano.

Os desktops, ou computadores de mesa, utilizam aproximadamente 300 kWh de eletricidade por ano, incluindo o consumo do monitor. Some aos R$ 84 gastos por ano os cerca de R$ 25 também consumidos com modem e roteador sem fio.

Automóvel convencional: R$ 5.880 de combustível por ano.

Supondo que você dirija 24.150 quilômetros com aproximadamente 40 quilômetros por galão, é possível que utilize 600 galões, ou cerca de 2271 litros de gasolina em um ano. Com o valor médio do preço do combustível em São Paulo a R$ 2,589 nesta semana, o consumo num ano seria o equivalente a aproximadamente R$ 5.880. É o valor gasto para alimentar 293 laptops durante o mesmo período.

Automóvel Tesla: R$ 1.904 por ano.

São necessários aproximadamente 85 kWh de energia para encher a bateria de um carro elétrico Tesla Model S, com autonomia de 300 quilômetros. Com 24 mil quilômetros rodados, um Tesla deve gastar o equivalente a 80 baterias completamente consumidas, o que custaria em torno de R$ 1.904 em São Paulo. É uma grande economia em comparação a um automóvel convencional, porém, é bom lembrar que um veículo Tesla sai de fábrica atualmente por cerca de US$ 75 mil e a bateria, que gira em torno de US$ 12 mil, precisa ser trocada depois de pouco mais de cinco anos de uso.

Lavar e secar roupas: R$ 545 por ano.

Considerando a média de uso nos Estados Unidos, um usuário chega a gastar US$ 100 (ou R$ 273, na cotação desta semana) em energia elétrica para lavar suas roupas fora de casa. Já para secar, o preço sobe para US$ 200 por ano. No total, são R$ 545 por ano.

Aquecedor de água: R$ 1.636,56 por ano.

Aquecimento de água é responsável, em média, por 18% da conta de energia de uma casa de médio porte, nos Estados Unidos. Com isso, são gastos por ano cerca de US$ 600 (ou R$ 1.636,56 na cotação desta semana).

Forno de microondas: R$ 0,10 a cada 15 minutos em alta potência.

Um forno de microondas funcionando em alta potência durante 15 minutos consome aproximadamente 0,36 kWh, o equivalente a R$ 0,10 em São Paulo. Um forno elétrico gasta em uma hora de uso com 350 graus de temperatura algo em torno de 2 kWh, ou R$ 0,56. A mesma quantidade consumida por 20 lâmpadas de 100 watts.

Geladeira: R$ 98 por ano.

Os refrigeradores usam hoje 75% menos eletricidade do que em 1980, uma redução de 1400 kWh para apenas 350 kWh por ano. Em São Paulo, o uso de uma geladeira como essa custaria R$ 98 de energia por ano.

Aquecimento e resfriamento: R$ 2.723 por ano.

Esse é o maior custo de energia elétrica na maioria das casas, já que mais de 40% do total consumido vai para essas funções. Em lugares quentes, como o Texas, o ar condicionado é responsável por 70% das contas durante o verão. O uso contínuo durante uma hora é o equivalente a 35 lâmpadas incandescentes de 100 watts.

Videocassete: R$ 13,64 por ano

Esse item é mais por curiosidade do que para termos de comparação, até porque muitos dos consumidores mais jovens sequer sabem que ainda existem videocassetes (pelo menos em lojas de antiguidades). O gasto em energia anual é de aproximadamente US$ 5 (ou R$ 13,64 na cotação desta semana).

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar