Google quer erradicar pobreza extrema mundial até 2030

Por Redação | em 15.01.2016 às 12h31

Google

Você já conhece o Google das buscas na internet, do Android nos dispositivos móveis, da web via balões e mais recentemente dos carros que dispensam motoristas humanos. Mas em breve podemos ser apresentados a um grande desafio que a gigante de Mountain View está disposta a enfrentar: o do combate à pobreza mundial.

Este será o assunto do primeiro Solve for X – Tech Against Poverty, evento organizado pelo Google em parceria com a Dreamstake, uma empresa que investe e oferece suporte a novas startups. Sediado nos escritórios da companhia em Londres, na Inglaterra, a conferência será realizada no dia 22 de janeiro e focará justamente em discutir como a tecnologia pode ajudar a erradicar a pobreza no planeta pelos próximos quinze anos. O Google para Empreendedores também ajuda no andamento do evento.

A ideia de criação do evento veio após a Organização das Nações Unidas (ONU) ter anunciado que tinha atingido seu objetivo de reduzir pela metade as taxas de pobreza extrema antes do fim de 2015. Com isso em mente, o Google acredita que esse estado de pobreza extrema deve ser erradicado por completo até 2030. Para tal, a empresa, junto da Dreamstake, apostam que a cultura das startups é capaz de espalhar uma riqueza muito mais equilibrada entre todas as comunidades, através da construção de um ecossistema global e altamente conectado.

A companhia convida investidores, engenheiros, cientistas, artistas, pensadores e qualquer pessoa disposta a ajudar a humanidade com projetos realmente efetivos. O evento será baseado na criação de pequenas equipes, cada uma delas responsável por um aspecto do problema e com possíveis soluções para resolvê-lo por meio da criatividade e de experiências diversificadas do grupo. Depois, essas equipes receberão um feedback para concluir se vale a pena seguir com aquela ideia ou redirecionar o foco para uma solução diferente.

"Estamos honrados por fazermos parte desse evento que pode mudar o mundo. Estamos nos aproximando de uma fase interessante da internet, na qual sua influência será sentida em uma escala muito mais ampla", destacou Paul Dowling, CEO da Dreamstake. "Seu impacto sobre o mundo em desenvolvimento é imenso, e esperamos que este evento nos apresente ideias inovadoras que vão permitir a todos uma oportunidade de iniciar seu próprio negócio para ajudar as pessoas a sair da pobreza", complementou.

Mais informações estão disponíveis no site oficial do Solve for X. Lá também é possível se inscrever para acompanhar e participar do evento.

Dados divulgados pelo Banco Mundial em outubro do ano passado mostraram que 9,6% da população mundial estava abaixo da linha da extrema pobreza — foi a primeira vez que o percentual diminuiu para menos de 10% desde que o órgão começou a compilar essas informações, em 1990. Isso equivale a 702 milhões de pessoas. Em 2012, o total era de 902 milhões, ou seja, cerca de 13% da população mundial. Em 1999, o percentual era 29%. O conceito de pobreza extrema definido pela organização é viver com menos de US$ 1,90 por dia.

Fontes: 9to5Google, Crowded Brain

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar