1

Google compra empresa que fabrica robôs humanoides para o Pentágono

Por Redação em | 16.12.2013 às 09h35

Boston Dynamics

Há alguns dias, você viu aqui no Canaltech qual o próximo grande plano do Google para o mundo da tecnologia: fabricar robôs. A divisão será comandada por Andy Rubin, criador do sistema operacional Android, cujo objetivo é incorporar as máquinas na indústria e na economia para ampliar o processo de automoção em diferentes setores do mercado, como montagem de eletrônicos e serviços de entrega de produtos.

Nos últimos seis meses, a gigante das buscas comprou algumas startups de robótica e inteligência artificial nos Estados Unidos e Japão, mas nada muito grandioso. Pelo menos até agora: de acordo com o jornal The New York Times, a companhia adquiriu na última sexta-feira (13) a Boston Dynamics, empresa de engenharia de Massachusetts especializada na fabricação de robôs humanoides.

Quem gosta de robótica já está familiarizado com a Boston Dynamics. A entidade, fundada em 1992 por estudantes do MIT, trabalha diretamente com o Pentágono e a Darpa, Agência de Pesquisa Avançada e Projetos de Defesa dos Estados Unidos. A Sony também é um dos clientes da organização, que desenvolve o cão-robô Aibo.

Entre as principais criações da BN está o Cheetah (leopardo, em português), que atinge a velocidade de 46,6 quilômetros por hora - mais rápido que o medalhista olímpico Usain Bolt. Outro robô, chamado Atlas, pode se mover e equilibrar como os seres humanos, e o WildCat (gato selvagem) consegue reproduzir vários movimentos de animais quadrúpedes para ajudar tropas no campo de batalha.

Há também o BigDog (cachorro grande), que consegue subir em superfícies altas e se deslocar em terrenos cheios de lama e outros obstáculos, além do Petman, um robô que pode detectar ataques químicos. Já o LS3 pode andar em qualquer tipo de terreno e foi criado para carregar suprimentos para militares em missões oficiais - sem a necessidade de alguém no comando, pois a própria máquina acompanha o grupo automaticamente.

Segundo o jornal, esta é a oitava aquisição do Google no segmento de robôs. Não foram publicadas informações financeiras sobre o valor da transação. Contudo, o negócio é mais um sinal de que a empresa pretende construir uma nova geração de sistemas autônomos que podem desempenhar várias atividades. Os contratos em vigor, entre eles o do Pentágono norte-americano, não serão desfeitos, mas não há intenção do Google em desenvolver novos projetos na área militar logo após o cumprimento desses acordos.

Veja abaixo a demonstração de alguns robôs da Boston Dynamics:

BigDog

LS3

Petman

Atlas

WildCat

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

FIQUE ATUALIZADO
RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS POR E-MAIL