Apple impediu que Google colocasse sensor biométrico no Nexus 6

Por Redação | em 26.01.2015 às 12h56

Google Nexus 6

Os sensores biométricos por muito pouco não se tornaram um padrão disseminado entre todas as fabricantes de smartphones. Além do iPhone 5s, que deu início a essa tendência, e o Samsung Galaxy S5, que veio depois, o Google também tinha planos de colocar um componente do tipo no Nexus 6, mas a ideia acabou sendo deixada de lado por um movimento estratégico da própria Apple.

Em julho de 2012, a empresa adquiriu a Authentec, considerada uma das empresas mais conceituadas no campo da detecção biométrica. Com isso, garantiu a exclusividade da tecnologia e dos componentes que formam, de acordo com o ex-CEO da Motorola, Dennis Woodside, a solução “mais confiável e precisa” do mercado. Isso, indiretamente, impediu que o aparelho do Google contasse com tal atributo.

Em entrevista ao Telegraph, o executivo afirma que a gigante das buscas sabia que precisava de um componente com tal nível de qualidade para fazer a novidade deslanchar e, como o melhor do mercado estava ocupado, acabou deixando a ideia de lado. A alternativa se provou mais certeira que a opção da Samsung, que adotou uma tecnologia diferente no Galaxy S5 e que, apesar de poder ser aplicada a mais coisas do que apenas sua própria loja online, como no caso da Apple, também se mostrou mais problemática para detectar com precisão os dedos de seus usuários.

Foi justamente isso que, inclusive, estaria motivando uma mudança no método utilizado pela marca sul-coreana. A Authentec, claro, continua exclusiva da Apple, mas a Samsung estaria disposta a usar uma tecnologia semelhante – um clone, diriam muitos – para acabar de vez com os problemas de sua solução biométrica e garantir que ela vingue de uma vez por todas no Galaxy S6.

Google Nexus 6

Enquanto isso, na Motorola, a ideia era colocar o componente na parte traseira do Nexus 6, onde hoje está um logo da empresa. Protótipos chegaram a ser testados, mas a ideia foi deixada de lado quando o sistema não mostrou ter a qualidade necessária. Toda a movimentação, porém, aconteceu ainda nos estágios iniciais de desenvolvimento tanto do dispositivo quanto da versão Lollipop do Android, o que permitiu uma mudança rápida de direção sem que muito trabalho, tempo e dinheiro fossem perdidos.

Woodside deixa claro que está falando de uma realidade de 2012 e que hoje o mercado parece ser um pouco diferente. Na época, afirma ele, todas as outras empresas de smartphones acabaram restritas à segunda melhor opção do mercado e ela, como deu para perceber, não era boa o bastante. Para o Google, essa condição não poderia existir e, por isso, o sensor biométrico do Nexus foi deixado de lado porque a empresa não queria uma solução que não funcionasse direito.

Mas como as coisas estão diferentes agora, é possível que essa atitude também mude. Por enquanto, não existem rumores ou indícios de que o Nexus 7 possa vir com um sensor biométrico, mas com o movimento rápido no Google em direção aos meios de pagamento, para rivalizar com o Apple Pay, parece bastante provável a inclusão de uma solução desse tipo em um futuro próximo.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar