Igreja inglesa faz uso de jogos de vídeogame para discutir valores morais

Por Redação em | 18.08.2012 às 21h20 - atualizado em 19.08.2012 às 13h33

journey

Quem achou que videogame era "coisa do capeta", no sentido exato da palavra, nem imagina a reviravolta pela qual a indústria dos games está passando. Uma delas é a de que a igreja católica está vendo os jogos de outra maneira, tendo até criado um canal especial sobre o assunto: o Family Games TV. 

Os clérigos da Catedral de Devon, na Inglaterra, inseriram os títulos Flower e Journey em seus serviços de catequização. Tudo começou quando um palestrante chamado Andy Robertson abordou o assunto "Perspectivas Sustentáveis em Jogos de Videogame". 

Agora, ambos os jogos apresentados estão sendo usados como base para referência ética, justamente por ter histórias que deixam certos assuntos em aberto, para interpretação pessoal. Os membros da Congregação se revezavam jogando, e assim puderam discutir várias questões morais, utilizando da trama e das decisões a se tomar. 

Abaixo você pode ver um vídeo que mostra, infelizmente sem legenda, mais ou menos como essa nova técnica vem funcionando. 

Segundo a missionária Anna Normam-Walker, Journey abriu muitas portas, além de dar um nova perspectiva sobre os jogos eletrônicos. 

Esperamos que com essa iniciativa, outros a sigam com a intenção de uma conotação positiva para esse universo tecnológico, que ainda tem muito a oferecer. 

Leia a Seguir

Comentários