Cientistas chineses constroem espaçonave que transforma lixo em combustível

Por Redação | em 04.12.2015 às 16h35

Espaçonave chinesa

Pesquisadores da Universidade de Pequim, na China, apresentaram aquilo que eles acreditam ser uma das soluções para a grande quantidade de detritos espaciais que coloca em risco a integridade física de uma missão espacial: uma espaçonave capaz de transformar lixo em combustível.

O veículo utiliza uma rede de captação por meio da qual coleta a sujeira do espaço e, então, utiliza tais dejetos como combustível para continuar funcionando. As vantagens de tal mecanismo vão além de aumentar a segurança das viagens espaciais, permitindo que a espaçonave continue viajando por tempo indeterminado.

O ponto-chave do veículo chinês é a capacidade de lidar com pedaços menores de lixo, visto que as missões espaciais atuais já podem contar com uma espécie dispositivos a laser capazes de destruir grandes blocos de detritos. O processo é o seguinte: o dejeto coletado em uma espécie de tubo é desintegrado para ter seu tamanho reduzido; então, passa por um moinho, que o pulveriza e transforma tudo em uma poeira fina; o passo seguinte é aquecer aquela massa antes de enviá-la por um sistema que separa os íons carregados positiva e negativamente.

Lixo vira combustívelExemplo do funcionamento do dispositivo criado pelos cientistas chineses. (Foto: Reprodução/MIT Technology Review)

Feito tudo isso, os íons de carga positiva são enviados a um campo elétrico que incrementa a sua carga energética a fim de gerar impulsão. A massa de íons negativos é expelida novamente em direção ao espaço. Apesar do avanço claro descrito, os chineses ainda não deram muitas informações sobre como a espaçonave deverá funcionar de fato.

De acordo com o MIT Technology Review, o veículo não usará propelentes, mas precisará de alguma fonte de energia primária para que o moinho responsável por processar os detritos especiais possa funcionar. Isso pode ser obtido por meio de uma combinação entre energia nuclear e solar, o que levanta dúvidas sobre questões de segurança ao utilizar um veículo movido a energia nuclear voando em torno da Terra.

Fontes: Cornell University Library, MIT Technology Review

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar