Ações do Facebook recuam e atingem novo recorde; é o menor valor desde o IPO

Por Redação em | 16.08.2012 às 16h59

facebook

O Facebook viu suas ações despencarem mais uma vez na manhã desta quinta-feira (16), chegando a US$ 19,76. O valor é o mais baixo atingido pela empresa desde a abertura de suas ações na Bolsa de Valores no começo do ano.

De acordo com o Venture Beat, a baixa significativa no valor das ações se deve ao encerramento do prazo de proibição de vendas de papéis, política esta muito utilizada assim que uma empresa anuncia seu IPO. Com o fim do prazo de bloqueio de 180 dias, executivos do alto escalão do Facebook e muitos outros investidores poderão iniciar a venda de suas ações.

Mark Zuckerberg gráficos açõesAs ações da empresa têm se mantido praticamente 50% abaixo do seu valor inicial de US$ 38

Entre os investidores que poderiam começar a vender seus papéis hoje estão Peter Thiel, Accel Partners, Elevation Partners, Greylock Partners, Microsoft, Goldman Sachs e Tiger Global. Se a maioria dos investidores tirarem vantagem do privilégio de vender suas ações, o valor das ações pode cair ainda mais, pois o mercado será inundado com praticamente o dobro do número de papéis.

Segundo a ABC News, ainda não se sabe se os investidores já iniciaram as vendas dos seus papéis, pois eles possuem até três dias úteis para revelar os seus negócios. "Muita gente estava esperando', afirmou Sam Hamadeh, CEO da PrivCo. "Esperava-se que Facebook fosse a público há muito tempo".

As ações da empresa reagiram um pouco no começo da tarde, fechando em US$ 20,14. O valor é 47% menor do que os US$ 38 que cada ação valia antes do IPO.

Os investidores e analistas não estão muito confiantes com relação ao futuro da empresa, devido aos resultados na Bolsa de Valores e também com os rendimentos do último trimestre fiscal.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

FIQUE ATUALIZADO
RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS POR E-MAIL