Estado Islâmico cria seu próprio aplicativo de mensagens criptografadas

Por Redação | em 14.01.2016 às 17h29

Estados Islâmico

De acordo com a rede antiterrorista Ghost Security Group, o grupo autoproclamado como Estado Islâmico (EI) teria criado um aplicativo próprio para a troca de mensagens de texto entre os seus membros. O app permitiria o envio e recebimento de mensagens de forma criptografada, dificultando o monitoramento das conversas pelas autoridades internacionais e outros grupos que combatem o terrorismo.

Ainda conforme o mesmo grupo de antiterrorismo, durante o último mês o EI usou o Telegram e mensagens diretas do Twitter para solicitar a seus membros e apoiadores que fizessem o download do novo aplicativo. “O propósito primário da aplicação é a distribuição de propaganda”, informou um representante do Ghost Security ao site Defense One. “Usando o aplicativo, você estaria apto a seguir os mais recentes vídeos e novidades [do Estado Islâmico].”

O responsável pela criação e distribuição do novo aplicativo seria a Amaq Agency, uma agência de notícias com laços conhecidos com o grupo terrorista. O app do Estados Islâmico foi descoberto pelo grupo antiterrorismo logo após os ataques realizado no estado da Califórnia, nos Estados Unidos. Até então, o app mais usado pelos extremistas era o Telegram, que oferece criptografia de ponta a ponta em conversas privadas individuais.

O mesmo, porém, não se repete nos canais públicos do app. Logo após os ataques em Paris, em novembro do ano passado, o criador do Telegram Pavel Durov anunciou que os canais públicos ligados ao EI seriam encerrados — ao todo, 78 deles, em 12 idiomas diferentes, foram fechados. Talvez temendo pelo avanço das autoridades em cima dos apps tradicionais, o EI resolveu criar uma alternativa segura por conta.

Fonte: Defense One

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar