Marshmallow está presente em menos de 1% dos dispositivos Android

Por Redação | em 07.01.2016 às 08h35

Android 6.0 Marshmallow

O Android 6.0 Marshmallow já está disponível para o público há mais de dois meses, mas parece que o sistema está encontrando dificuldades para ter uma participação significativa no mercado. Segundo os números divulgados pelo Google neste mês, a nova atualização do Android detém apenas 0,7% de todos os aparelhos com o sistema da empresa.

As versões Gingerbread (2.3) e Ice Cream Sandwich (4.0) têm quase quatro vezes mais usuários do que a versão 6.0. O novo sistema do Google é superior apenas a versão Froyo (2.2), que detém 0,2% de participação. As três versões mais presentes nos dispositivos Android em todo o mundo são a Jelly Bean, Lollipop e KitKat. O Jelly Bean (4.1.1 até 4.3) tem uma quota de mercado de 24,7%, sendo a 4.2 a mais popular, com 12,2%. Já o Lollipop vem em segundo no ranking de versões com mais usuários do Android; juntas, as versões 5.0 e 5.1 conseguem atingir uma quota de 32,4%. Os números divulgados pelo Google mostram que muitas fabricantes estão atualizando os aparelhos com o Lollipop 5.0 para o 5.1 ao invés de fazer o upgrade diretamente para o Marshmallow.

O sistema que mais conta com usuários é o KitKat 4.4, com 36,1% de todos os dispositivos Android. O KitKat foi lançado em 2013, o que pode indicar que muitos dos aparelhos que contam com o sistema podem não ser compatíveis com a atualização para o Lollipop ou Marshmallow.

A fragmentação do sistema é um grande problema para o Google. Ao contrário do iOS, o Google é incapaz de forçar alterações de dispositivos de terceiros, ocasionando uma grande fragmentação da plataforma. Com os dados em mãos, a companhia está sendo mais exigente com as fabricantes no que diz respeito ao seu sistema móvel. Anualmente, ela lança seus smartphones da linha Nexus com o sistema atualizado, mostrando exatamente o que espera das outras fabricantes. Assim, pode ser apenas uma questão de tempo para que o Google tome medidas mais rígidas para diminuir a fragmentação.

Via Digital Trends

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar