30 games independentes para você jogar em 2014

Por Caio Carvalho RSS | 07.02.2014 às 11h00 - atualizado em 10.02.2014 às 11h10

Broken Age

Você já viu aqui no Canaltech quais são os jogos mais aguardados de 2014 - e se não viu, é só acessar a parte 1 e parte 2 do nosso especial. Mas não é só dos títulos de grandes publishers que a indústria de games tem se alimentado. Nos últimos anos, uma leva de ótimas produções, todas desenvolvidas por estúdios com poucos funcionários ou usuários mais comuns, conquistou espaço e atenção de companhias que estão de olho nesse mercado que continua crescendo: o dos jogos independentes.

E se 2012 e 2013 nos trouxeram boas surpresas, como Journey e The Walking Dead da Telltale, este ano não será diferente. Serão inúmeras opções para entreter os jogadores, incluindo títulos de ação, terror, aventura, shooter, quebra-cabeças, exploração e tantos outros gêneros que ganham forma própria pela mente criativa de pessoas que, às vezes, não ganham a atenção que merece. Isso sem contar a influência do Kickstarter na criação desses jogos, já que praticamente todos eles foram financiados com a ajuda de fãs.

Selecionamos 30 games independentes que prometem arrancar algumas horinhas do seu dia ao longo deste ano. Perceba que alguns títulos já estão disponível no Steam, enquanto outros ainda não receberam data oficial de lançamento. E se você não viu seu jogo favorito aqui na lista, conte-nos na seção de comentários mais abaixo qual indie game você mais quer jogar em 2014.

Broken Age

  • Plataformas: PC, Ouya, iOS e Android
  • Lançamento: primeira parte já disponível no Steam | abril/maio (segunda parte)

Desenvolvido pela Double Fine, Broken Age é um adventure que contará a história de Shay e Vella, dois personagens que vivem em mundos diferentes e decidem se rebelar contra seus respectivos padrões de vida. O projeto arrecadou quase US$ 3,5 milhões no Kickstarter e tem ganhado novidades no elenco, incluindo os atores Jack Black ("Escola do Rock"), Elijah Wood ("O Senhor dos Anéis") e Wil Wheaton ("Jornada nas Estrelas"), além de nomes conhecidos na indústria dos games como Grey Delisle (a Mulher-Gato de Batman: Arkham City) e Jennifer Hale (a comandante Sheppard da série Mass Effect).

Octodad: Dadliest Catch

  • Plataformas: PC e PS4
  • Lançamento: já disponível no Steam

E se um polvo (sim, isso mesmo: um polvo!) tentasse levar uma vida normal no meio dos humanos? Esta é a premissa de Octodad: Dadliest Catch, um dos novos indie games para PC e PlayStation 4 que contará a história de um polvo que se disfarça de humano para conviver com outras pessoas. Se a trama já é curiosa, a jogabilidade é ainda mais bizarra. Afinal, controlar um animal molenga de oito braços não é uma tarefa fácil. É por isso que o novo Octodad promete ser uma das surpresas mais divertidas para a nova geração.

The Banner Saga

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: já disponível no Steam

Quem adora histórias ambientadas em eras nórdicas precisa jogar The Banner Saga. Produzido pelo Stoic, estúdio indie formado por ex-funcionários da Bioware, a trama traz dois povos principais, cada um em partes diferentes do mundo fictício retratado no game: os Varl, criaturas gigantescas que lembram humanos, e uma caravana comandada pelo caçador Rook e sua filha Alette. Ambos precisam tomar decisões e travar batalhas com os chamados dredge, os inimigos do jogo.

TowerFall Ascension

  • Plataformas: PC e PS4
  • Lançamento: fevereiro

Um dos games de maior sucesso do console Android Ouya, TowerFall ganhará uma sequência para computadores e PlayStation 4. Ascension, que tem na equipe de desenvolvimento os brasileiros Amora e Santo, do MiniBoss, terá 50 novas fases multiplayer, novos personagens, poderes e vários itens para aumentar a diversão entre os jogadores.

Elite: Dangerous

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: março

Elite: Dangerous é uma sequência para o Elite original, lançado na década de 80. A ideia do jogo é simples: viajar pelo espaço para concluir os objetivos que quiser, seja lutando contra naves (inimigas ou não) ou coletando melhorias. Não há previsão de quando o game será disponibilizado, mas ele já entrou em fase Alpha de testes.

Among the Sleep

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: previsão entre março e maio

Um garotinho de dois anos de idade e seu fiel companheiro, um urso de pelúcia, em uma aventura sobrenatural. Among the Sleep começa quando a criança é colocada para dormir e coisas estranhas começam a acontecer, tudo para atiçar a curiosidade do pequeno protagonista. A princípio, parece ser apenas coisa da mente de uma criança assustada, mas é no decorrer do jogo, todo feito em primeira pessoa, que os jogadores vão descobrir a fronteira entre sonho e realidade - sob a perspectiva do menino. O game já entrou em fase Alpha de testes e deve ser lançado em sua versão final ainda este ano.

Ghost Song: A Journey of Hope

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: maio

Outro game fortemente influenciado por Metroid, Ghost Song: A Journey of Hope levará os jogadores até um misterioso planeta com criaturas mutantes e fantasmas de antigos exploradores. Aliás, será possível percorrer e explorar os cenários do título, assim como no clássico da Nintendo.

Chasm

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: maio

Chasm é um jogo que adota o estilo do clássico Metroid, e que com certeza vai conquistar uma legião de fãs por isso. Com elementos de RPG e exploração 2D, o game conta a história de um soldado que, na volta para casa depois de uma guerra, fica preso em uma cidade atingida por poderes sobrenaturais de um mal ancestral. Assim como em TowerFall Ascension, Chasm tem em seu time de desenvolvimento Glauber Kotaki, o paulistano que criou os cenários e animações pixelados do título.

Lovers In A Dangerous Spacetime

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: previsão para o primeiro semestre

O novo título do esúdio Asteroid Base promete agradar jogadores que não dispensam um bom game cooperativo entre duas pessoas (mas também há opção para jogar individualmente). Com um pouco de inspiração nos jogos de tower defense, Lovers In A Dangerous Spacetime se passa em um universo cujo objetivo é defender uma gigantesca esfera cor de rosa de várias hordas de naves inimigas.

A Hat In Time

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: primeiro semestre

Uma simpática garota capaz de fazer viagens interespaciais usando um chapéu mágico é a premissa de A Hat In Time. O game mistura um pouco da jogabilidade de Banjo Kazooie com os gráficos de The Legend of Zelda: The Wind Waker, e parece ter uma proposta simples e divertida. Além do PC, o jogo tem possibilidades de futuramente chegar ao Wii U.

The Witness

  • Plataformas: PC e PS4
  • Lançamento: primeiro semestre

Desenvolvido por Jonathan Blow, do aclamado Braid, The Witness é um jogo de mundo aberto e exploração repleto de enigmas e vários quebra-cabeças. Serão aproximadamente 440 puzzles e 25 horas de duração, e algumas partes da ilha só são destravadas depois que o usuário solucionar os problemas em questão.

Hotline Miami 2: Wrong Number

  • Plataformas: PC, PS4 e PS Vita
  • Lançamento: terceiro trimestre

Hotline Miami está aí para provar que não são só de gráficos de última geração que os bons jogos são feitos. O segundo game da série, intitulado Wrong Number, mantém o estilo dos games dos anos 80 e o ritmo sangrento e acelerado característico na série. Agora, será possível entrar na mente de diversos assassinos para atravessar as fases e eliminar os inimigos o mais rápido possível sem ser atingido. Além disso, a trilha sonora deve ser  outro grande destaque do jogo.

Pilars of Eternity

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: previsão para o segundo semestre

Um dos grandes sucessos do Kickstarter, Pilars of Eternity será um RPG com visão isométrica (quando a câmera fica localizada acima dos personagens). O game mistura o que há de melhor em grandes RPGs tradicionais: toda a equipe de heróis de Baldur's Gate, a exploração de combates de Icewind Dale, e o roteiro intenso e maduro e Planescape: Torment.

Neverending Nightmares

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: final de 2014

Com gráficos feitos em hachura - técnica de desenho que permite detalhar sombras e luz com maior ou menor intensidade -, Neverending Nightmares é um jogo de horror criado por Matt Gilgenbach. O título foi a forma do desenvolvedor expressar como lidou com sua depressão e transtorno obsessivo-compulsivo, e vai colocar o usuário em um pesadelo assustador. Isso tudo com o objetivo de mostrar para outras pessoas que sofrem dessas doenças que elas são capazes de superar as dificuldades, mesmo que se sintam sozinhas.

Hohokum

  • Plataformas: PS3, PS4 e PS Vita
  • Lançamento: 2014

Que tal fugir um pouco do estresse e da ação frenética de alguns jogos disponíveis no mercado? A ideia vem da produtora Honeyslug, que está desenvolvendo o inédito Hohokum. Exclusivo para a plataforma PlayStation, o game tem um único objetivo: relaxar, já que ão existem inimigos, obstáculos ou missões que são comuns em outros títulos. Você controla uma colorida serpente voadora que pode explorar cenários malucos e cheios de vida. Aqui o que vale é a simplicidade.

Transistor

  • Plataformas: PC e PS4
  • Lançamento: 2014

Dos criadores de Bastion, Transistor é um RPG de ficção científica que conta a história de uma jovem garota que ganha o poder de controlar uma espada mágica. Por razões ainda misteriosas, a personagem precisa explorar uma cidade futurista para procurar os antigos donos da arma, ao mesmo tempo em que luta contra inimigos hostis. No PlayStation 4, o novo título da Supergiant Games irá usar a barra de luzes coloridas do DualShock 4 para representar a espada dentro do jogo.

N++

  • Plataforma: PS4
  • Lançamento: 2014

Desenvolvido pela Metanet Software, N++ é um jogo de plataforma em 2D. Você controla um ninja acrobata que precisa evitar os inimigos e sobreviver aos cenários que se modificam enquanto o personagem se movem. Serão mais de 2.000 níveis integrados e muitos modos multiplayer, que podem ser compartilhados com outros usuários através da rede PlayStation Network. Além disso, a trilha sonora é um dos grandes destaques de N++.

Everybody's Gone to the Rapture

  • Plataforma: PS4
  • Lançamento: 2014

Não, esta não é a Rapture do game BioShock, mas possivelmente a cidade fictícia do novo jogo de adventure da thechineseroom (produtora de Amnesia: A Machine for Pigs). Exclusivo do PlayStation 4, o game deve abordar o apocalipse através de ideias simples e originais, além de servir como uma sequência espiritual de Dear Esther. "Essa história começa com o fim do mundo", diz a mensagem no final do primeiro trailer.

Routine

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: 2014

Se Amnesia: The Dark Descent fosse feito no espaço,ele seria mais ou menos assim: em Routine, o jogador é colocado em uma base lunar abandonada para descobrir o que aconteceu com uma equipe de engenheiros e cientistas que desapareceram misteriosamente. Em cenários não lineares, o clima de tensão é um dos principais atrativos do novo game do estúdio Lunar Software, pois não existe barra de vida, itens que recuperam energia ou interfaces na tela, o que só aumenta a sensação de vulnerabilidade. E tem mais: se você morrer, terá que começar tudo novamente em um novo local, já que o título muda os ambientes a cada nova partida.

FRACT OSC

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: 2014

Um mundo cheio de formas geométricas onde cada canto é equipado com um aparelho musical. FRACT OSC coloca o jogador dentro de um universo que eixge a criação de sons eletrônicos para completar vários tipos de puzzles. Com estilo bem lo-fi, as sonoridades podem ter seus tons, ecos e volumes alterados em painéis, além de voz e outros efeitos musicais.

Chroma Squad

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: 2014

Chroma Squad é mais um jogo produzido por brasileiros, desta vez pelos brasilienses da Behold Studio. Durante a aventura, o jogador precisa gerenciar um estúdio de super sentai, gênero que fez muito sucesso no Brasil nos anos 80 e 90 com os seriados Power Rangers e Changeman. É possível comprar equipamentos e acessórios para garantir mais audiência, e várias referências à cultura pop estarão presentes no título, que ainda vai incluir modos multiplayer cooperativos e competitivos.

Satellite Reign

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: 2014

Sucessor espiritual de Syndicate Wars, Satellite Reign é um jogo de ficção científica desenvolvido pela 5 Live Studios. Assim como no primeiro game, trata-se de um titulo de estratégia em tempo real baseado em classes que vivem em uma cidade futurista com ares cyberpunk. Os cenários do jogo, que tem sua história contada 95 anos depois dos eventos de Syndicate Wars, lembram bastante obras sci-fi como "Neuromancer" e "Blade Runner".

No Man's Sky

  • Plataformas: não definidas
  • Lançamento: não anunciado

No Man's Sky foi a grande revelação do último VGX 2013 (antigo Video Game Awards). Seguindo o estilo em primeira pessoa, o game possui elementos de ficção científica, mas sua principal proposta é a exploração de múltiplos cenários, desde terra e água até mesmo o espaço. Todos os locais do espaço e dos planetas podem ser visitados - por exemplo, se você enxergar uma montanha ou uma nave à distância, poderá ir até elas. No que depender do trailer, No Man's Sky promete ser uma das grandes surpresas do ano. E acredite: o jogo está sendo desenvolvido por apenas quatro pessoas.

Rime

  • Plataforma: PS4
  • Lançamento: não anunciado

ICO é um dos jogos mais incríveis de todos os tempos; The Legend of Zelda: Wind Waker também. E se fosse possível juntar tudo o que há de melhor nestes dois títulos em um único game? A produtora Tequila Works parece ter pensado nisso ao anunciar Rime, exclusivo do PlayStation 4 que trará um mundo aberto onde os jogadores irão explorar as ruínas de uma antiga civilização (semelhante à história do cultuado Journey). O trailer junto com sua trilha sonora são tão bonitos que fazem de Rime um dos games mais aguardados do ano.

Below

  • Plataforma: Xbox One
  • Lançamento: não anunciado

Depois que o PlayStation 3 recebeu uma enxurrada de ótimos jogos independentes nos últimos dois anos, parece que agora chegou a vez do Xbox One seguir o mesmo caminho. E Below promete ser uma das grandes surpresas do novo console da Microsoft. Dos criadores de Sword & Sworcery EP. O título é um adventure no qual um jovem guerreiro precisa explorar uma ilha afastada do continente para sobreviver.

EverQuest Next

  • Plataforma: PC e PS4
  • Lançamento: não anunciado

Um dos jogos que popularizou os MMORPGs e criou padrões, hoje seguidos por World of Warcraft, The Star Wars: The Old Republic e Guild Wars, ganhará um recomeço neste ano. Sob as mãos da Sony Online Entertainment, EverQuest Next será um RPG online gratuito que se passará em um universo paralelo ao mundo de Norrath, presente nos dois títulos anteriores. Uma das grandes novidades é que o game virá acompanhado de EverQuest Next Landmark, um outro game que vai permitir que os próprios jogadores criem conteúdos dentro do jogo utilizando as mesmas ferramentas usadas pelos desenvolvedores do novo EverQuest.

Torment: Tides of Numenera

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: não anunciado

Outro game financiado no Kickstarter, Tides of Numenera será o sucessor espiritual do RPG Planescape: Torment, mas não dará continuidade às histórias ou personagens vistos no primeiro jogo. A trama traz o personagem Last Castoff, um homem que descobriu como viver para sempre apenas trocando de corpos com outras pessoas. O problema é que o protagonista desperta um poderoso inimigo chamado Angel of Entropy, que fará de tudo para cacá-lo e destruí-lo.

Star Citizen

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: não anunciado

Gosta de simulação espacial? Então fique de olho em Star Citizen, jogo com modos multiplayer e cooprativo que terá comércio de naves e combates galáticos. O título se passa no século 30, na Via Láctea, dominada por uma estrutura governamental chamada "Império Unido da Terra". Exclusivo para PC, o game terá suporte a vários elementos propícios para a plataforma, como servidores privados customizáveis, suporte a acessórios - incluindo o Oculus Rift - e incríveis resoluções de 7.860 x 1.440 pixels.

Wasteland 2

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: não anunciado

Ambientado em uma era pós-apocalíptica, Wasteland 2 é a sequência para o Wasteland original, de 1988, que inspirou a série Fallout, da Bethesda. Produzido pela inXile, a trama acontece em uma realidade alternativa onde um conflito nuclear dizimou a humanidade. Os poucos sobreviventes que restaram se moveram para os Estados Unidos a fim de proteger os humanos mais fracos. É aí que entra um time especial formado por antigos membros do exército americano, que precisam atravessar  os cenários em busca de suprimentos. O beta de Wasteland 2 já está disponível no Steam.

Incognita

  • Plataforma: PC
  • Lançamento: não anunciado

Os responsáveis por Mark of the Ninja e Don't Sarve agora vão se aventurar no mundo da espionagem. Baseado em turnos, Incognita traz um grupo de espiões que precisam invadir um complexo vigiado 24 horas por dia. Ao longo do caminho, os gentes devem procurar por documentos secretos e equipamentos espalhados pelos cenários.

Leia a Seguir

Comentários