O que não fazer no Snapchat

Por Joyce Macedo RSS

Snapchat

Não há dúvidas de que o Snapchat é a rede social do momento. Porém, seu funcionamento é um pouco diferente dos demais aplicativos do segmento, como Facebook e Instagram, e isso parece deixar as pessoas um pouco confusas sobre como se comportar na plataforma.

O Snapchat pode ser surpreendentemente divertido quando usado constantemente, mas também pode se tornar bem chato quando as pessoas não sabem usá-lo. Você pode ser um perito na teoria e dominar todos os recursos disponíveis no app, mas se você não souber como é a dinâmica, seu perfil ficará às moscas.

Para melhorar a situação, listamos algumas coisas que você não deve fazer no Snapchat.

1. Dobradinha

Se você adicionar uma foto ou vídeo à sua história, não precisa enviá-la particularmente para os seus amigos. A grande maioria dos usuários do Snapchat têm o hábito de checar a história de seus amigos, portanto se você enviar a mesma imagem diretamente para a pessoa e também postar na sua história, ela será obrigada a ver duas vezes o mesmo conteúdo. E o que isso significa? Que você é um chato.

Se você ainda não entendeu, os usuários podem ver a sua história quantas vezes quiserem durante o período de 24 horas após a postagem – a menos que você a exclua. Portanto, se o conteúdo for realmente legal, eles poderão ver novamente, fique tranquilo.

 

via GIPHY

2. Critério no chat

Este item é praticamente complementar ao anterior, pois acreditamos que é preciso frisar bem o intuito do bate-papo e da Minha História. Enquanto a sua história serve para postar abertamente aquilo que todos podem ver quando (e se) quiserem, o chat é algo muito mais pessoal.

Ao escolher para quem você vai enviar um snap particular, escolha pessoas que:

  1. você conhece; 
  2. irão entender, pelo menos vagamente, o contexto do que quer que você esteja enviando. Não saia por aí compartilhando sua selfie com todos os seus contatos aleatoriamente. O mesmo vale para aquela imagem com a sua BFF que ninguém faz ideia de quem seja. Mas por quê não devemos fazer isso? Simplesmente por que ninguém se interessa. Sim, a realidade é cruel.

 

via GIPHY

3. A História Sem Fim

Uma coisa unânime entre todas as redes sociais é que, na verdade, sua vida não é tão interessante quanto você pensa que é. Provavelmente, ela é muito chata. Essa é uma realidade que faz parte da vida de pessoas comuns e precisamos encará-la, amigos. 

Isso acontece porque nem sempre podemos gastar nosso salário com festas ou paraquedismo e acabamos nos rendendo à trivialidade da nossa existência. Quando você estiver no marasmo total e não tiver sequer um assunto interessante para abordar ou uma boa piada para contar – afinal, os momentos de ócio podem ser preciosos para exercer a nossa criatividade –, mantenha-se longe do Snapchat. Ninguém gosta de gastar 200 segundos assistindo coisas entediantes.

O mesmo vale para aqueles que fazem atividades incríveis o dia inteiro (se é que essas pessoas existem) e querem postar cada segundo da sua vida. O ser humano é predisposto a perder o interesse rapidamente pelas coisas, portanto dificilmente alguém vai conseguir assistir milhares de segundos sem clicar na tela e passar para o próximo snap.

 

4. Nudes

O “manda nudes” é a nova versão do famoso “você tem cam?”, frase que era praxe nas salas de bate-papo e mensageiros dos anos 1990. A situação se aplica melhor ao Snapchat, pois o aplicativo ficou conhecido por ser um bom local para enviar fotos intimas, uma vez que elas se "autodestroem" após o envio.

Porém, apesar da banalização dos nudes, existem algumas regras básicas que devem ser adotadas por todos os usuários de redes sociais e apps de mensagens.

  • Não mande nudes para quem não pediu;
  • Não peça nudes para quem você não tem intimidade ou sequer conhece;
  • Não tire print dos nudes que receber. A pessoa está confiando em você, portanto, não seja um(a) babaca.
  • Tenha cuidado com suas fotos íntimas. Apesar de escolher o tempo de exposição de uma imagem enviada pelo Snapchat, a realidade é que é alguém mal-intencionado pode tirar um print e espalhá-la pela web.

Manda nudes

5. Fotos de 10 segundos

Resumimos isso em uma palavra: desnecessário. 

O Snapchat permite que você escolha o tempo decorrido antes de sua imagem se autodestruir. Isto é bom, mas a menos que a foto em questão mereça um print, não há necessidade alguma de publicar uma foto com mais de 5 segundos. Pode parecer que não, mas 10 segundos podem parecer uma eternidade no contexto do Snapchat.

 

via GIPHY

6. Selfies 

Não há mal algum em postar selfies na sua própria rede social. No entanto, mais uma vez, o problema está no excesso. Uma sequência de autorretratos pode ser um forte indício de narcisismo exagerado, além de deixar o Snapchat monótono e bem distante da dinâmica que faz dele uma rede social tão legal.

 

via GIPHY

7. Obrigar seus amigos a participar

Você pode amar o Snapchat, mas existem pessoas que não ficam à vontade com câmeras. Portanto, não obrigue seus amigos a serem coadjuvantes ou estrelas dos seus snaps e muito menos publique imagens de desconhecidos sem o seu consentimento; isso é deselegante em qualquer rede social.

via GIPHY

"Nossa, mas desse jeito é melhor nem usar o Snapchat. Não dá pra fazer nada sem ser chato". Relaxa, porque dá sim! Basta ter em mente alguns tópicos:

  • Fotos cheias de pose, quilos de maquiagem, sensualização, e assim por diante, podem ficar para o Instagram, onde todo mundo "é" bonito. A graça do Snapchat está na espontaneidade, em postar fotos e vídeos inusitados e de curiosidades que acontecem no seu dia a dia. É claro que você pode estar em uma luz sensacional e aproveitar o momento para mandar aquela foto no app e nada impede de salvá-la no seu smartphone e depois eternizá-la no Instagram, por exemplo. Mas estamos falando sobre verdadeiros books fotográficos, com sequências de fotos milimetricamente pensadas e ensaiadas.
  • Vídeos divertidos são sempre bem-vindos no Snapchat. Acreditamos que a grande proposta aqui é tratar de assuntos leves e engraçados, afinal, para discurso e textão temos o Facebook.
  • Os filtros são recursos bem legais para mostrar aos seguidores onde você está e até mesmo fazer fotos e vídeos engraçados. Existem alguns perfis super criativos onde as pessoas usam cada um dos filtros que mudam o formato do rosto para criar um personagem diferente, e o resultado é muito legal! Este é apenas um dos diversos exemplos de como se destacar na rede social. Solte sua criatividade.
  • Preste atenção nos perfis que você mais gosta e veja o que todos têm em comum. É bem provável que eles mostrem o dia a dia ou curiosidades sobre as pessoas, fazendo com que você se sinta mais próximo delas. Seguir essa linha também pode ser interessante para você – mas sem exageros. 
  • Falar sobre assuntos variados também pode ser bem interessante, uma vez que dificilmente as pessoas ficam muito tempo assistindo outra falar incansavelmente sobre o mesmo tema em vídeos que são cortados a cada 10 segundos.
  • Ser autêntico sempre funciona em todas as redes sociais (e, principalmente, na vida real).

Lembrando que nossa intenção não é ditar regras de como utilizar a rede social, afinal, o perfil é seu e você faz dele o que bem entender. No entanto, essas dicas podem te ajudar a ser menos inconveniente e até mesmo conquistar mais seguidores – em vez de espantá-los.

Lembrando que o Canaltech também é bastante ativo no Snapchat e todos os dias postamos novidades, esclarecemos dúvidas dos leitores e damos dicas exclusivas por meio do aplicativo. Você pode nos adicionar pelo nome de usuário "canaltech" ou pelo nosso snapcode:

Snapecode canaltech

Você também pode gostar das seguintes matérias:

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar