[Guia] Como comprar uma placa de vídeo

Por Pedro Cipoli RSS | 08.10.2012 às 11h00

Placa de video

A evolução das placas de vídeo integradas permitiu que qualquer máquina equipada com gráficos Intel HD 4000 ou uma APU da AMD tenha um nível de performance aceitável para a grande maioria das tarefas que realizamos em nosso dia a dia. Placas de vídeo dedicadas realmente oferecem um nível de desempenho brutalmente superior, mas vamos ser sinceros: a não ser que o foco seja alguma aplicação específica, como edição de vídeos e imagens ou programas CAD, quem pretende comprar uma GPU nova está pensando em jogos.

Para navegação na internet, editar textos e outras tarefas básicas realmente não necessitam de placas de vídeo top de linha, mas os jogos mais modernos não abrem sem elas. O mercado de GPUs talvez seja o que mais apresente proporcionalidade entre preço e performance. Quanto mais caro você paga, melhor é a placa de vídeo. Mas é também bastante ingrato. As maiores fabricantes de placas de vídeo lançam gerações novas em curtos espaços de tempo, então não existe modelo comprado hoje que continuará atual daqui a alguns anos.

Sabendo disso separamos algumas informações essenciais que todo gamer deve ter em mente antes de investir em uma placa de vídeo nova, juntando também alguns detalhes que podem fazer o consumidor economizar no final das contas.

AMD ou NVIDIA?

O mundo da tecnologia é bastante dualista. Sempre somos confrontados com Mac x PC, Android x iPhone, Intel ou AMD e em placas de vídeo a situação não é diferente. Por mais que muitos considerem a questão do fabricante como pouco importante, não é bem assim que funciona. Sim, naturalmente os modelos mais top de linha são capazes de rodar os jogos em última geração, mas uma coisa é aguentar uma boa taxa de frames, outra é ser capaz de oferecer recursos adicionais que melhoram a experiência de jogo.

O fator preço conta bastante nesse quesito, mas em uma mesma faixa de preço o usuário pode escolher entre comprar um conjunto de GPUs AMD para rodar o game em múltiplos monitores simultaneamente ou um modelo mais avançado da NVIDIA, que possui jogos otimizados como Borderlands 2 com as tecnologias PhysX e TXAA. Ao estipular uma margem, é importante colocar os prós e contras entre as duas fabricantes e chegar à conclusão do que trará mais benefício nesses pontos.

Guia de compras de placas de vídeo

Chip

Muito mais importante do que quantidade de memória, velocidade de processamento e visual, é o chip (GPU) que será o principal componente que determinará o que a placa de vídeo é capaz. No caso da AMD o modelo mais rápido é o HD 7970, seguido da HD 7950, HD 7870 e assim por diante. A NVIDIA começa com a GTX 690, versão dual-chip  da GTX 680, seguida da GTX 670 e, conforme a numeração cai, o mesmo acontece com o preço.

As gerações anteriores ainda podem ser encontradas na maioria das lojas especializadas a preços mais acessíveis. Mas, mesmo que os preços sejam um pouco maiores, opte sempre pelos modelos mais recentes, que aproveitam melhor os benefícios das atualizações de drivers, são mais econômicas energeticamente e trazem tecnologias mais modernas para melhorar a experiência de uso tanto em jogos quanto em outros aplicativos.

Guia de compras de placas de vídeo

Memória e velocidade de processamento

Para quem não acompanha de perto o mercado de placas de vídeo, é muito fácil cair em armadilhas de vendedores. Modelos de entrada que trazem 2 GB de memória RAM GDDR3 são comuns, mas um enorme desperdício de dinheiro. Por trazerem um chip sem grandes recursos, raramente a utilização de memória passará de 512 MB mesmo em jogos, ainda mais considerando que a GDDR3 é bastante devagar para comportar os modelos um pouco mais rápidos.

Mais vale o mesmo modelo com 512 MB GDDR5 do que com 2 GB GDDR3, pois é na memória (e especificações associadas, como barramento, interface de bits, etc) onde os jogos serão armazenados durante o game, então, se ela for devagar, nem o melhor chip do mundo fará diferença. Como foi dito no item anterior, olhe sempre o chip. Ele é o que trará recursos proporcionais ao seu desempenho para oferecer uma experiência melhor.

Apenas como exemplo: a Radeon HD 7970 traz 3 GB de memória RAM GDDR5, 1 GB a mais do que a GeForce GTX 680. Mesmo assim, a GTX 680 é a mais rápida do mundo com vários testes realizados.

Guia de compras de placas de vídeo

Tamanho

Depois de escolhido o modelo, é necessário medir o espaço reservado para a placa de vídeo dentro do gabinete para evitar a frustração de não haver espaço suficiente.  Alguns modelos, como a ASUS Radeon HD 7950 DirectCU II TOP, precisam de pelo menos 30 cm de comprimento livre, espaço que geralmente é encontrado em gabinetes específicos de gamers.

Quanto mais pontente o chip, mais calor ele gera. Então, soluções de resfriamento mais sofisticadas são necessárias e por incluir bastante alumínio e tubos de cobre necessários para melhorar o fluxo de calor, mais larga e comprida acaba ficando a placa de vídeo.

Guia de compras de placas de vídeo

Suporte a jogos

Todos os modelos das novas séries de placas de vídeo (GTX série 600 no caso da NVIDIA e HD série 7000 para a AMD) possuem suporte ao DirectX 11 utilizado nos games mais modernos, mas o mesmo não é válido para as gerações anteriores. Pesquise sempre se o modelo que está de olho possui suporte ao game que pretende jogar. A versão de DirectX mais nova suportada pela GPU também inclui as versões anteriores, de forma que games em DirectX 10, DirectX 9 e assim por diante também serão compatíveis.

Guia de compras de placas de vídeo 

Expectativa de vida

Como dissemos, o mercado de placas de vídeo é bastante aquecido e de tempos em tempos temos novos modelos recheados de recursos superiores em relação à geração anterior, então comprar um modelo "para durar vários anos" é uma opção que não existe. Muitos usuários preferem fazer SLI ou CrossFireX com modelos de gerações antigas a comprar apenas uma placa da geração atual pelo mesmo preço.

Péssima ideia, pois em pouco tempo esse conjunto ficará desatualizado e será incapaz de executar games mais modernos que utilizem recursos só disponíveis em gerações mais novas. A grosso modo, modelos na faixa dos R$ 1000 são capazes de executar qualquer game com qualidade bastante aceitável, permitindo futuros upgrades de SLI e CrossFireXs para complemento de desempenho.

Guia de compras de placas de vídeo

Leia também sobre as tecnologias que fazem os jogos modernos beirarem o realismo.

Leia a Seguir

Comentários