Como ganhar dinheiro com o Instagram

Por Joyce Macedo RSS

Instagram

O Instagram nasceu como um simples aplicativo de compartilhamento de imagens, mas ele conseguiu ganhar proporções maiores do que muitos imaginavam. O sucesso do app é um retrato da sociedade moderna, que combina vaidade, redes sociais e uma mudança em direção a meios de comunicação mais visuais.

De olho no potencial do serviço, o Facebook decidiu pagar US$ 1 bilhão para adquiri-lo e passar a ser dono de uma ferramenta que se tornaria essencial para muitas celebridades, políticos, comerciantes e até mesmo algumas empresas de alto nível. Atualmente, mais de 400 milhões de pessoas usam o Instagram em todo o mundo – marca alcançada pelo serviço em setembro de 2015. No Brasil, são 29 milhões de usuários ativos por mês (7,25% do total de internautas brasileiros).

Com tantas pessoas interessadas em consumir fotos e conteúdos visuais que considerem relevantes (ou apenas bonitos), não é de se estranhar que as pessoas estejam de olho no dinheiro que essa plataforma pode render. A modelo norte-americana Kendall Jenner, por exemplo, já recebe entre US$ 125 mil e US$ 300 mil por uma postagem na rede social. Para isso, ela usa sua imagem para divulgar produtos de beleza, marcas de roupas e sapatos, entre outras coisas, em seu perfil do Instagram, que já conta com mais de 46 milhões de seguidores.

No Brasil, um grande (e polêmico) exemplo de sucesso na monetização de redes sociais é a blogueira fitness Gabriela Pugliesi. Com cerca de 2 milhões de seguidores apenas no Instagram, a moça ganha cerca de R$ 8 mil por post em seu perfil no site, de acordo com informações do jornal O Dia

Mas se você não é uma subcelebridade que arrasta multidões nas redes sociais, saiba que também existem formas de monetizar sua conta no Instagram. Você pode usar suas paixões, hobbies e conhecimentos específicos para criar uma conta na plataforma e ganhar dinheiro seguindo algumas dicas preciosas. 

Os fundamentos abaixo não só irão ajudar você a entender como aumentar seu número de seguidores, mas também mostrar como você pode atrair pequenas empresas e marcas que querem anunciar por meio da sua conta. 

1. Configuração geral

Instagram

Pode parecer algo muito básico, mas é preciso ficar atento na hora de configurar os principais aspectos de sua conta no Instagram para dar ênfase, principalmente, à segurança. Veja algumas dicas importantes:

  • Novo endereço de e-mail: Para criar uma conta à prova de hacker, você precisa criar um novo endereço de e-mail que ninguém conheça. Você não precisa sequer listá-lo em sua biografia, pois essa é uma maneira de ser hackeado. Crie uma senha forte e única para o e-mail e não o use para mais nada, exceto para a configuração inicial do seu perfil no Instagram.
  • Número de telefone: O seu segundo nível de proteção contra hackers é a adição de um número de telefone que fique vinculado à sua conta do Instagram. Isso acrescenta uma nova camada de segurança, caso você perca sua senha ou seja hackeado.
  • Conta vinculada ao Facebook: seu nível de proteção final é conectar sua conta do Facebook ao Instagram. Se você esquecer sua conta ou for hackeado, isso permite que você faça o login e redefina sua senha usando as credenciais do Facebook. Por este motivo, é importante que os e-mails de cadastro e senhas das redes sociais sejam diferentes.
  • Bio: a sua biografia é a chance de vender a si mesmo, sua conta e atrair novos seguidores. Você precisa causar uma boa primeira impressão logo de cara, pois potenciais seguidores só vão gastar alguns segundos avaliando se o seu perfil vale a pena ser seguido ou não. 
  • Foto do perfil: mantenha o seu avatar o mais simples possível, com pouco ou nenhum texto. Se você precisar usar letras para abreviar o nome da página, use uma fonte limpa e simples.
  • Adicione um link à sua bio: este é o único espaço onde o Instagram permite o acréscimo de uma URL clicável, então use-o a seu favor. Aproveite serviços de encurtamento de URL, como o Bit.ly, para evitar links muito longos.
  • Conta pública X conta privada: se você tem a intenção de ganhar dinheiro com seu perfil no Instagram, mantenha-o público. Não há nada mais desanimador para os potenciais seguidores do que chegar na sua página e se deparar com um cadeado.

2. Compartilhe conteúdo de qualidade

Instagram

Fotos: Apesar dos novos recursos oferecidos pela rede social, o Instagram é e sempre foi focado no compartilhamento de belas imagens. Independente de todas as ações que você faça, o que realmente vai atrair clientes potenciais ou monetizar sua conta são fotos de qualidade; e isso não se limita apenas a ter um smartphone com a melhor câmera do mercado. É preciso criar imagens criativas e que encham os olhos dos seus seguidores.

Vídeos: O mesmo se aplica ao recurso de vídeos curtos oferecido pela plataforma. Se uma imagem vale mais do que mil palavras, imagine o que um vídeo não é capaz de fazer? Use sua criatividade para oferecer às pessoas aquilo que elas querem ver. 

Foco: Basta dar uma olhada em alguns perfis de sucesso para perceber que existe uma consistência de conteúdo focado no assunto que o dono da página se propôs a seguir (moda, beleza, saúde, esporte, fofoca, arte, entre outros), além de imagens que realmente chamam nossa atenção. 

Legenda: Uma legenda pode ajudar a impulsionar ou afundar até mesmo a foto ou vídeo mais espetacular do Instagram. Uma legenda mal escrita pode fazê-lo parecer um amador, enquanto um texto inteligente, espirituoso e apropriado pode transformar um post medíocre em um viral. Você não precisa escrever um romance na legenda da sua foto, mas dê aos seus seguidores algo com que eles possam se sentir conectados.

Hashtags: Use cerca de três a cinco hashtags em cada legenda de um post. Se você está postando a foto de uma maçã vermelha, por exemplo, não se limite ao óbvio #apple #maçã #vermelha. Use hashtags mais descritivas e orientadas, como #RedApple. Esta abordagem fará com que você seja procurado por potenciais seguidores interessados no assunto postado.

Horários estratégicos: Algumas análises de comportamento dos usuários do Instagram mostram que as horas mais quentes para postar na rede social são entre 08h e 11h da manhã, entre 14h e 16h e entre 19h e 21h.

Frequência: Inicialmente, é interessante realizar dois posts por dia: um de manhã e outro à tarde ou à noite. Quando você atingir a marca de 5.000 seguidores, você pode aumentar o número de posts para 3 ou 4 por dia, seguido de 4 a 5 posts por dia quando bater 10.000 seguidores.

3. Existe um aplicativo para tudo

Latergram

Você pode (e deve) usar as novas tecnologias a seu favor. Use aplicativos capazes de ajudá-lo a fazer parte do trabalho relacionado ao Instagram. Veja alguns exemplos:

  • Repost: este app permite repostar fotos e vídeos do Instagram com os devidos créditos para o dono original do conteúdo. 
  • InstaQuote: permite escrever sobre uma foto, escolher o estilo de texto e fundo e, se desejar, fazer ajustes de cor, tamanho, alinhamento e entrelinha. É possível tirar uma foto para usar como base ou escolher uma imagem da galeria. 
  • Boomerang: app do próprio Instagram que permite criar GIFs animados que repetem uma sequência de imagens para frente e para trás. 
  • Instamizer, Hootsuite e Latergram: estes apps são ótimas opções para quem deseja pré-agendar postagens no Instagram.
  • Add Watermark Pro e iWatermark app: ambos servem para aplicar marca d'água em suas imagens. Esta dica é especialmente útil para aqueles que criam conteúdo exclusivo de alta qualidade. Vale lembrar que as pessoas estão mais propensas a compartilhar uma foto que tem um pequeno logotipo limpo do que aquelas que possuem um grande carimbo no meio da imagem.

4. Construa uma sólida base de seguidores

Instagram

Isto é um pouco óbvio, mas a sua conta só se tornará interessante para anunciantes se tiver um quantidade significativa de seguidores. Afinal, é para eles que os anúncios serão exibidos e podem (ou não) trazer bons resultados para as marcas.

Algumas das maneiras mais eficazes de aumentar a sua quantidade de seguidores no Instagram incluem ações como: curtir fotos em seu nicho de atuação ou interesse, socializar com outros usuários, criar concursos, entre outros. As hashtags também são ferramentas importantes, portanto fique de olho naquelas que mais bombam em seu nicho e use-as.

A maneira mais rápida para conseguir angariar 10.000 50.000 ou 100.000 seguidores, de modo que você pode começar a ganhar dinheiro, ainda é criar uma conta exclusiva em um nicho que ninguém mais cobriu ainda e/ou pagar para aparecer em contas mais populares.

No entanto, tenha cuidado com programas que curtem, comentam e seguem pessoas em seu nome. O Instagram está bloqueando cada vez mais contas que utilizam estes serviços e, recentemente, decidiu que em 2016 fará algumas mudanças para desativá-los.

É preciso ter em mente que, ainda mais importante do que aumentar a quantidade de seguidores, é preciso focar no aumento do engajamento destas pessoas. Para isso, interaja com seus seguidores, e não apenas “jogar” as fotos no seu perfil e esperar a mágica da multiplicação acontecer. Responda comentários, pergunte a eles que tipo de conteúdo gostariam de ver na sua página ou o que eles acharam de um determinado post, e assim por diante. 

5. Analytics

Iconosquare

Existem diversas ferramentas capazes de fornecer uma análise interessante sobre sua conta no Instagram e seus seguidores. Um bom exemplo é o Iconosquare (antigo Statigram), que permite verificar seu histórico de seguidores, o uso de hashtags, o crescimento global do perfil, os posts mais curtidos, mais comentados e seus principais seguidores em termos de curtidas e comentários. 

Outra ferramenta é o Social Blade, que permite, entre outras coisas, ver rapidamente o crescimento diário da sua base de seguidores e quais posts estão dando mais resultado. Já o Social Rank permite ordenar e visualizar seus seguidores, a fim de ver quais têm os perfis mais famosos.

6. Afinal, e o dinheiro?

Instagram

Infelizmente, a popularidade por si só não gera receita. No entanto, existem maneiras de aproveitá-la para ganhar dinheiro com sua conta no Instagram. A parte mais importante deste processo é entender quando começar a monetizar de forma que não interrompa ou afete o crescimento da conta. Em outras palavras: não deixar que seu perfil aparente ser completamente "vendido" a todo tipo de anunciante.

Antes de tudo, você precisa abrir uma conta no PayPal, pois a maior parte dos pagamentos para serviços deste tipo é feito por meio desta plataforma.   Em seguida, você deve analisar algumas formas de monetizar sua conta e ver qual delas tem mais a ver com seu público alvo.

  • Venda de espaço na legenda da foto: este é a opção menos invasiva para monetização do seu perfil. Ela permite que você continue postando normalmente, enquanto vende o espaço da legenda para outra conta. Geralmente, quando você vende este espaço, ele leva um link para a conta da marca que pagou pelo anúncio.
  • Venda de link para URL em sua bio: você pode optar por tornar essa venda algo diário, semanal, mensal, ou em uma base "pague por post", onde a venda do link funciona de forma associada à legenda da foto.
  • Postar fotos, vídeos ou anúncios com uma legenda e conteúdo de sua escolha: estes posts geralmente são negociados para ficar no ar entre seis e oito horas (ou mais), dependendo da forma como o conteúdo se encaixa na conta em que será postada.

Você não precisa ter milhões de seguidores para se tornar um influenciador no Instagram, basta cuidar bem do engajamento em seu perfil. Existem pessoas por aí com cerca de 10.000 seguidores recebendo até US$ 100 para promover roupas, sapatos e acessórios, por exemplo. 

Para tentar estreitar o contato com os anunciantes, acompanhe perfis parecidos com o seu (ou que tenha anunciantes que têm a ver com você e seus seguidores) e veja o que eles estão promovendo. Em seguida, envie um e-mail para os anunciantes, apresente sua página e veja se eles estão interessados em utilizá-la para fazer publicidade.

Também é preciso lembrar que não existe um valor fechado para anúncios deste tipo. Tudo depende do alcance da sua página, do quanto seus seguidores são interessantes para uma marca, sua capacidade de influenciar as pessoas, e assim por diante. Portanto, é preciso tentar sondar os donos dos perfis que já trabalham com este tipo de monetização para ter uma ideia de quanto determinada marca paga por determinado tipo de post em sua página, especificamente. 

Conclusão

Depois de entender um pouco melhor como funciona o universo das propagandas (veladas ou não) no Instagram, você já está pronto para dar os primeiros passos em direção ao sucesso da sua conta e, eventualmente, ganhar dinheiro com seu perfil. Nenhum dos itens citados é particularmente difícil de seguir, basta lembrar que é preciso dedicar tempo a esta tarefa.

Sem a ajuda de bots ou outras táticas nada leais, um perfil não atinge sucesso da noite para o dia. Portanto, é preciso que você mantenha uma programação de posts consistente e interessante para criar uma continuidade. No entanto, se for uma pessoa regrada e conseguir seguir alguns dos passos essenciais citados neste texto, é bem provável que você comece a chamar atenção na rede social e atinja seus objetivos.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar