Comparativo: os principais serviços de armazenamento na nuvem

Por Anderson Nascimento RSS

Computação na nuvem

Quem, no mundo atual, não precisa andar por aí com arquivos e documentos em segurança e que podem ser consultados em qualquer lugar e em qualquer dispositivo? Estas são algumas das vantagens dos serviços de armazenamento na nuvem, que são oferecidos por muitas empresas gratuitamente e com ótima qualidade.

Mas qual deles é o mais adequado, qual se sai melhor, qual possui maior capacidade de armazenamento? Para responder a essas e outras perguntas, resolvemos criar um comparativo dos cinco principais serviços disponíveis no mercado cloud: OneDrive da Microsoft, Google Drive, Dropbox, Box e iCloud da Apple. Abaixo você terá acesso a uma série de análises que o ajudarão a escolher qual a opção que se encaixa melhor às suas necessidades e dispositivos.

OneDrive

OneDrive

O OneDrive, que já foi chamado de SkyDrive, é o serviço de armazenamento na nuvem da Microsoft e oferece inicialmente 15 GB de espaço para os usuários. Mas é possível conseguir ainda mais espaço gratuitamente indicando amigos e aproveitando diversas promoções que a empresa lança regularmente. Há quem já tenha conseguido um espaço de 100 GB sem pagar nada, graças a uma promoção de lançamento do serviço assim que o nome OneDrive foi adotado oficialmente pela marca de Redmond.

Para quem quer espaço ainda maior, o OneDrive oferece planos com capacidades variadas. O plano de 100 GB custa R$ 5 mensais, enquanto o plano de 200 GB custa R$ 10. Lá fora, os preços cairam significativamente após o aumento de espaço para usuários gratuitos e assinantes Office. Para quem deseja espaço de 100 GB adicionais, o preço caiu de US$ 7,50 para apenas US$ 2. Quem opta pelo espaço extra de 200 GB, a Microsoft abaixou o preço para US$ 4, antes US$ 11,50 mensais. Ainda, os assinantes Office, tanto no Brasil, quanto no exterior, possuem disponíveis 1 TB, que no caso de alguns planos são divididos entre no máximo 5 usuários.

A Microsoft disponibiliza aplicativos para iOS, Android e Windows Phone para a sincronização de arquivos em dispositivos móveis por meio do OneDrive. A vantagem fica por conta dos que utilizam o sistema operacional Windows 8 ou 8.1 que já possuem o serviço integrado e uma conta criada automaticamente para o gerenciamento dos documentos. Porém, é importante notar que o aplicativo destinado para o Windows 8 e 8.1 nem sempre consegue realizar um upload rápido de arquivos mais pesados, algo que não era de se esperar, visto que nos aplicativos móveis esse problema não ocorre. O OneDrive também possui um aplicativo para usuários do Mac.

Para quem gosta de editar documentos como Word, Excel e PowerPoint diretamente do gerenciador de arquivos do serviço, o OneDrive disponibiliza esse recurso na nuvem para que seja dispensada a necessidade de realizar o download para só então poder modificar o conteúdo do arquivo.

Google Drive

Apesar de não disponibilizar gratuitamente o aumento da capacidade de armazenamento, o Google Drive fornece para os usuários mais espaço do que os concorrentes ao lado do OneDrive. São 15 GB de espaço para fazer upload de arquivos, documentos, imagens, etc.

Caso você deseje mais espaço para armazenar seus documentos no Google Drive, o serviço da empresa da Califórnia também oferece diversos planos, com pagamentos mensais de US$ 2 para 100 GB, US$ 10 para 1 TB e destaque para o plano de US$ 200 caso você queira ter direito a 20 TB, ótimo para empresas que fazem a utilização desse serviço e precisam de muito espaço.

Os apps do Google Drive e a fluidez com que se pode acessar o serviço são satisfatórios, com suporte para iOS e Android. Para quem quer fazer os uploads e utilizar a sincronização pelo computador, o Google possui aplicativos para PC e Mac, também com boa facilidade para utilização.

Uma funcionalidade interessante do Google Drive é o seu serviço de pesquisa e busca de arquivos que promete até mesmo reconhecer objetos dentro de imagens e textos escaneados, similar ao que se vê na busca do aplicativo Evernote. Mesmo que o arquivo seja um bloco de notas ou um texto e você queira encontrar algo que esteja dentro dele, é possível utilizar a busca para procurar palavras e expressões. Essa funcionalidade funciona sem problemas e com boa precisão.

Além disso, assim como o OneDrive, o serviço do Google disponibiliza que sejam feitas edições de documentos diretamente do browser, sem precisar fazer o download do documento e abri-lo em outro aplicativo.

Dropbox

O Dropbox talvez seja o mais tradicional serviço de armazenamento na nuvem para usuários comuns. Para usuários gratuitos, a empresa disponibiliza um espaço de armazenamento de apenas 2 GB, mas é possível conseguir espaço gratuito extra. O mecanismo é semelhante ao OneDrive, envolvendo convite a amigos, que se aderirem também ao serviço criando uma conta, aumentarão a sua capacidade de armazenamento sem pagar mais nada por isso.

Aos usuários que desejam mais espaço, o Dropbox oferece planos mensais. O Plano Pro amplia o espaço para 1 TB (US$ 9,99). O plano empresarial custa US$ 15 mensais.

O trunfo do serviço de armazenamento está no tamanho ilimitado no upload de arquivos. Diferente do OneDrive que restringe os uploads em até 2 GB por vez e o Google Drive que restringe em 10 GB, o Dropbox possibilita que o upload de qualquer arquivo pesado possa ser feito. Em contrapartida, o ponto fraco do serviço está em suas limitações na web, que inibem o gerenciamento e a forma como os arquivos aparecem.

Os aplicativos do Dropbox possuem suporte para funcionar bem, com design elegante e de fácil utilização em plataformas Android, iOS, Windows Phone, Blackberry, Linux, PC e Mac.

Box

O Box possui uma proposta mais colaborativa em seu serviço de armazenamento de conteúdo. Os rivais Google Drive e OneDrive também possibilitam que diversas pessoas elaborem e editem um mesmo documento, mas o Box tem adquirido a preferência de algumas empresas por possuir um foco ainda maior neste recurso. Os usuários que começam a utilizar o serviço dispõem de um espaço de 10 GB gratuitamente.

O serviço possui um plano premium de US$ 6 mensais para um espaço de 100 GB, ou serviço Business com espaço ilimitado por US$ 17 mensais por mês, por usuário.

O foco do Box tem sido nas empresas, o que pode ajudar a diminuir o peso ruim dos preços mais altos e melhorar o foco colaborativo do serviço, que é de fácil utilização e, como já dito, ideal para o meio corporativo.

O serviço tem aplicativos com suporte para diversas plataformas, o que joga a favor do serviço, apesar de seu pouco espaço para armazenamento diante da concorrência. Seu aplicativo é compatível com PC e Mac, além dos dispositivos móveis iOS, Android, Windows Phone e Blackberry e possui um design muito agradável e bonito.

iCloud

O iCloud, serviço de armazenamento da gigante Apple, possuía em um passado recente a ideia principal de sincronizar contatos, emails, dados e informações de dispositivos iOS. No entanto, recentemente a empresa também adotou para o iCloud a estratégia de utilizá-lo como um serviço de armazenamento na nuvem para usuários iOS. De início, o usuário recebe 5 GB de espaço de maneira gratuita.

Os planos para maior capacidade de armazenamento no iCloud variam de 1 a 20 dólares mensais. Para contratar um espaço de 20 GB, por exemplo, que é o plano mais em conta oferecido pela Apple, o usuário paga apenas US$ 1 mensalmente.

O iCloud tem suporte para a plataforma iOS, Mac e PC com Windows 7 ou 8. Sua exclusividade para utilização em seus próprios aparelhos mobile pode ser um empecilho no desenvolvimento do serviço e na conquista de mais usuários.

No entanto, a grande vantagem do iCloud é que ele possui um sistema muito bem integrado aos seus aparelhos, como o iPhone. A ferramenta "buscar meu iPhone", por exemplo, possibilita que o usuário encontre e bloqueie o aparelho remotamente, além de poder contar com os contatos e outras informações do dispositivo caso você o tenha perdido.

Mas então, qual é o melhor?

Estes cinco principais serviços de armazenamento na nuvem não são os únicos oferecidos no mercado, mas são os que mais se aproximam da melhor qualidade e segurança possíveis na hora de confiar seus dados a uma empresa. Mas qual é o melhor? Bom, a resposta para isso vai depender de suas preferências e do seu objetivo. Se você é um usuário de aparelhos iOS, a melhor opção é utilizar o "nativo" iCloud, por possuir ótimos recursos em conjunto com o seu aparelho. Se você utiliza o Windows Phone, talvez seja mais prático você optar pelo serviço de armazenamento da Microsoft, também por conta de integração. Mas isso não quer dizer que o Google Drive, o Dropbox e o Box não valham a pena pela experiência. O serviço do Google talvez seja o mais popular e interessante de utilizar, visto que praticamente todo mundo possui uma conta Google, o que facilita na hora de compartilhar arquivos e editar colaborativamente documentos. O Dropbox talvez possua o visual mais elegante de todos, onde qualquer um pode mexer com facilidade. E o Box, com sua proposta colaborativa talvez seja a sua melhor opção na hora de trabalhar com alguém ou optar por levar os arquivos de sua pequena empresa com segurança até a nuvem.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar