Graphic novel do Louco, personagem de Maurício de Souza, vale cada centavo

Por Gustavo Rodrigues RSS

Louco

Desde setembro de 2014, data em que a Graphic Novel do Louco teve sua primeira arte divulgada, os fãs do selo Graphic MSP se indagavam de como uma história do personagem seria retratada, principalmente por ele ser mais recorrente como coadjuvante do que como protagonista nos clássicos da Turma da Mônica — principalmente nos gibis do Cebolinha, onde estreou em 1973.

Licurgo Orival Umbelino Cafiaspirino de Oliveira, mais conhecido como Louco, não possui tantas características marcantes como os outros personagens de Mauricio de Sousa que ganharam Graphic Novels. Mesmo que seja esteticamente marcante por causa da cabeleira loura sempre bagunçada, sua personalidade é definida pelas inúmeras possibilidades que a maluquice dele permite.

Na trama, Louco é um personagem que consegue trafegar por histórias diferentes, assim não se limitando a um único universo. Entretanto, ele foge dos Guardiões Metálicos que tentam o aprisionar, assim como fizeram com o pássaro que o protagonista deseja resgatar.

Capa de Louco - Fuga

Rogério Coelho trabalha com brilhantismo a narrativa de Louco - Fuga desde sua capa, que funciona como um double splash page de escapismo do protagonista. Essa linha horizontal, da esquerda para a direita, está presente em toda a publicação, assim criando uma linha contínua da perseguição que o personagem sofre dos Guardiões Metálicos.

Não há limite na cabeça do Louco, e isso se reflete na forma que o artista adequa cada quadro da publicação. Rogério cria sequências nos quais os personagens se movimentam de um quatro para outro, como se não houvesse limite entre eles, muito menos quantia ou posicionamento ideal para usá-los. 

Louco sabe que está em uma história e que pode ir para outras, como se estivesse as contando para o leitor, quebrando assim a quarta parede, como é comum nas HQs do Deadpool. Em uma das recordações do protagonista, ele e o pássaro enxergam os milhares de enredos dos gibis antigos dos personagens de Mauricio de Sousa. Numa cena futura, ele observa as novas criações baseadas nos clássicos personagens, seja a Turma da Mônica Jovem ou as Graphic Novels do selo Graphic MSP.

Movimentação do Louco entre os quadros da HQ

A arte casa perfeitamente com a narrativa expansiva da publicação. Ela consegue dar a sensação de movimento na sequência entre quadros e páginas, radiante nos momentos de alegria do Louco e sombria quando ele está prestes a ser capturado ou no covil dos vilões. O estilo utilizado permite variações entre os quadros e na forma que o protagonista viaja pelo espaço-tempo.

Rogério Coelho recebe o personagem mais surreal de Mauricio de Sousa — co-criado com Márcio Araujo, irmão do famoso quadrinista — e entrega a versão mais carismática do personagem ao não limitá-lo apenas a maluquice de sempre, mas sim por enxergar na metáfora da libertação da própria mente o caminho para construir um herói improvável. 

Ficha Técnica

Autor: Renato Coelho

Editora: Panini Comics

Número de páginas: 84

Preço: R$ 31,90 Capa Dura e R$ 21,90 Capa Cartão

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar