5

Análise: GeForce GTX 680, a placa de vídeo de 1 núcleo mais rápida do mundo

Por Pedro Cipoli RSS | 16.08.2012 às 15h33 - atualizado em 30.08.2012 às 14h28

GeForce GTX 680

O modelo padrão da NVIDIA GeForce GTX 680 surpreende por seu altíssimo poder de processamento gráfico, sendo capaz de aguentar os jogos mais pesados do mercado com folga, já que estamos falando da placa de vídeo de um único núcleo mais rápida do mundo. Mas pensando em usuários ainda mais sedentos por desempenho a Point of View, empresa holandesa de placas de vídeo, lançou a versão EXO, ainda mais rápida que a original.

Já publicamos um review completo da GTX 670, que é basicamente a "irmã menor" da GTX 680, e ela tem poder de sobra para a maioria dos jogos que encontramos atualmente. Então porque adquirir um modelo ainda mais rápido, ainda mais com overclock de fábrica? Alguns usuários precisam desse desempenho adicional caso queiram utilizar altíssimas resoluções com todos os efeitos ativados, ainda mais quando estamos falando de múltiplos monitores.

A arquitetura Kepler foi a evolução natural da NVIDIA - a empresa passou da técnica de fabricação de 40 nm para 28 nm, tecnologia que foi implementada em todos os modelos da série 600 da empresa. Todos os modelos trazem interface PCI Express 3.0, suporte a DirectX 11.1 para Windows Vista, 7 ou 8 e melhoramentos nas tecnologias de DirectCompute, tesselation via hardware e shader 5.0, além de um consumo de energia consideravelmente mais baixo e um melhoramento no suporte a múltiplos monitores.

Alguns jogos do mercado dão a opção de se utililizar resoluções de até 5760x1080, com 3 monitores com resolução Full HD (1080p) lado a lado. São os casos de Diablo 3 e Fórmula 1, o que é um desafio mesmo para as placas de vídeo consideradas top do mercado - daí a necessidade por clocks cada vez mais altos. Para conectar todos os monitores, a GTX 680 EXO oferece 4 saídas de vídeo: 2 dual-link DVI, 1 HDMI e 1 DisplayPort, de forma que é possível ter uma quarta tela para qualquer outra finalidade.

Overclocks de fábrica em placas de vídeo são um desafio e tanto, pois elas possuem uma margem muito pequena disponível com as soluções de refrigeração padrão. Lembre-se que não estamos falando de 4 ou 8 núcleos, mas sim de 1536 cores de processamento de fluxo gerando uma quantidade enorme de calor. Por isso a Point of View implementou uma solução com 5 dutos de calor (heatpipes) conectados ao dissipiador refrigerado por 3 coolers para diminuir a temperatura da GPU, além de uma placa dissipadora na base.

GeForce GTX 680

GeForce GTX 680

Essa solução fornece segurança ao utilizar a placa com seus 1110 MHz (10,3% de overclock) de velocidade padrão e 1176 MHz (11,2% a mais) em modo turbo, junto a 2 GB de memória RAM GDDR5 rodando a 6008 MHz. O conjunto impõe um visual bastante agressivo que já diz logo de cara do que ela é capaz. Por outro lado, quem deseja realizar um SLI triplo terá dificuldades, já que a GTX 680 EXO ocupa dois slots de expansão, mas internamente ela cobre 3. Por isso, é melhor checar se a placa-mãe possui espaço o suficiente antes de adquirir 3 placas de uma vez. Confira abaixo o espaço que a GTX 680 da Point of View ocupa em relação à Radeon HD 7970: 

GeForce GTX 680 

GeForce GTX 680

GeForce GTX 680

Configuração de testes

  • Processador: Intel Core i7 980X (rodando a 4 GHz), com 6 núcleos e 12 threads;
  • Cooler: Havik 140;
  • Placa-mãe: Gigabyte GA-X58-UD3R rev.2
  • Memória: Patriot 6GB DDR3 1600MHz em triple channel;
  • Fonte: Casemall Supreme Power 800w
  • Disco Rígido Western Digital 500 GB Sata III
  • Gabinete KM-6988-RED 

* Processador, cooler, gabinete e fonte de alimentação gentilmente cedidos pela Casemall

Agora vamos ao que interessa! No software de benchmark 3DMark 11, que testa a capacidade de GPUs de executarem jogos desenvolvidos com o DirectX 11, a versão EXO da GTX 680 foi capaz de alcançar 3465 pontos na configuração "Extreme", com destaque para a o teste de física com 8916, impulsionado tanto pelo processador quanto pela tecnologia PhysX da NVIDIA.

GTX 680 3DMark 11

Para quem deseja rodar games em resoluções menores a placa fez 9630 pontos na configuração "Performance", com resolução de HD 720p sendo uma pontuação suficiente para FPS (frames por segundo) de 3 dígitos.

GTX 680 3DMark 11

O 3DMark Vantage é capaz de medir o desempenho em jogos que utilizam a versão 10 do DirectX e fornecer um resultado sintético preciso do que a placa é capaz. Rodamos os testes em três configurações diferentes: "Extreme" 1920x1200, "High" 1680x1050 e "Performance" 1280x1024, onde a GTX 680 EXO alcançou resultados de 20358, 27407 e 34825 pontos, respectivamente, dando a certeza de que qualquer jogo rodado com configurações no máximo será executado sem gargalos.

GTX 680 3DMark Vantage

GTX 680 3DMark Vantage

GTX 680 3DMark Vantage

No PCMark 7, programa que mede a performance geral do PC, a GTX 680 EXO alcançou 3305 pontos, conseguindo 4495 pontos no quesito "Entretenimento" e 5058  no "Computação", tarefas que exigem um poder de fogo gráfico. Embora os resultados tenham mantido uma boa média, ele foi claramente penalizado pelo quesito "Armazenamento", já que nossa máquina de testes utiliza um disco rígido, não acompanhando o resto do conjunto.

gtx 680 pcmark 7

Em testes realizados pelo CINEBENCH podemos ter uma ideia do que esperar de desempenho em situações reais do dia a dia, e a NVIDIA GTX 680 EXO alcançou uma média de 45 frames por segundo, ficando atrás apenas de placas de vídeo voltadas para tarefas profissionais.

gtx 680 cinebench 11.5

Conclusão

Disponível no mercado brasileiro por aproximadamente R$ 1700, a NVIDIA GeForce GTX 680 EXO da Point of View é um modelo voltado para os aficcionados por jogos em altíssima resolução, com um preço proporcional ao seu poder de fogo. É importante lembrar que os outros componentes precisam acompanhar a placa de vídeo para obter o desempenho máximo em jogos, incluindo processadores de última geração, uma placa-mãe com slots PCI Express 3.0 e pelo menos 6 GB de memória RAM com um SSD de qualidade para completar o conjunto. 

Consumindo mais de 200 Watts em carga total, uma fonte potente com um conector PCIe de 6 pinos e um de 8 pinos também se torna necessária. 

GeForce GTX 680 GeForce GTX 680 GeForce GTX 680 GeForce GTX 680 GeForce GTX 680 GeForce GTX 680 GeForce GTX 680 GeForce GTX 680 GeForce GTX 680 GeForce GTX 680 GeForce GTX 680
GeForce GTX 680
GeForce GTX 680 slideshow lupa
Leia a Seguir

Comentários