3

Análise do Jogo: Gears of War 3

Por Vanessa Lee RSS | 31.07.2012 às 18h41

Gears of War

“Entre mortos e feridos, salvaram-se todos”, diz o antigo provérbio, certo? Sim. Porém, tenho a certeza de que não podemos aplicar a generalização dessa frase para Gears of War 3.

Entre perdas e danos – muitos danos, diga-se de passagem -, Cliff Bleszinski e sua equipe trouxeram, novamente, Marcus Fenix e todo o COG para uma batalha de proporções épicas, em um ambiente hostil e devastado, surrado por uma guerra travada entre bizarras criaturas gigantes e botinadas sem fim.

Ao saber do lançamento desse jogo, o que era praticamente obrigatório após o término de Gears 2, ficou a pergunta: o que seria de Fenix, Dom e companhia? Mas a pergunta certa seria: o que eles fariam de diferente do que já foi visto para conseguir reverter toda a burrada que o governo humano fez questão de fazer, ao colocar Sera (planeta ocupado pelos humanos no futuro) sob estado de calamidade e enfestá-la de Locusts piolhentos?

A resposta para esse e outros questionamentos acontece, de fato, nesse terceiro capítulo.

Resumindo de forma incisiva a trama, muito bem escrita pela roteirista Karen Traviss, tudo acontece dezoito meses após a queda de Jacinto, e os Gears estão vivendo em uma área chamada Raven's Nest. O governo se desmantelou e o "imulsion", líquido que provia energia às cidades de Sera, infectou e mutilou membros dos Locust, tornando-os Lambent. Os Lambent evoluíram em um novo inimigo, que ameaça tanto a humanidade quanto os Locust. Ou seja, o conflito que tinha dois lados praticamente agora se divide em três. Dor de cabeça tripla.

O jogo começa num cenário pós-apocalíptico muito mais amplo que o de seus antecessores. Agora as coisas estão muito mais feias para a equipe do sargento Fenix e descobrir uma forma de destruir tanto os novos quanto os velhos inimigos vira uma questão vital.

Logo no início vemos um Dominic Santiago barbudo, cuidando de plantinhas e com o pensamento distante, longe da imagem de guerrilheiro que vimos em Gears 1 e 2. Com a perda de sua mulher, seus objetivos são mais introspectivos do que suas próprias atitudes, porém, sem deixar de lutar pelo que ele se propôs desde o início. Essa primeira impressão de Dom define parcialmente o clima do título.

Anya Stroud, Samantha Byrne, Jace Stratton e Clayton Carmine são as novas caras que se juntam efetivamente à equipe em campo para auxiliarem Cole, Baird, Marcus e Dom.

O jogo reserva surpresas muito boas em relação aos personagens principais e o tom dramático para as vidas de alguns deles prendem a atenção, causando uma comoção para quem acompanha a franquia desde o início. Não, não é coisa de mulherzinha, não. Os caras tiveram a manha de deixar as histórias individuais tão interessantes que não tem como se focar apenas no “atira e mata”.

Gears of War 3 é um shooter em terceira pessoa, dividido em atos, com um total de 15 a 20 horas de jogabilidade. Também não acho que dê para ser maior do que isso, porque dar volta em círculos só “torra a paciência”. O game está bem mais frenético que seus antecessores e o sistema de combate foi melhorado para que o jogador se esbalde na hora de liquidar o oponente.

O pessoal da direção de arte pesou a mão na quantidade de sangue que jorra na tela e nas vísceras que se sai chutando enquanto o soldado parte para serrar um Locust desavisado ou um Lambent em chamas. Sim, esses novos inimigos (Lambents) são mais insistentes do que os monstrengos que a gente já pegou os macetes de tirar do caminho. Eles são mutações, como explicamos anteriormente, chegando para infernizar tanto os próprios Locusts, quanto o pessoal do COG.

Esses bichos esquisitos – como se estar nesse mundo já não fosse estranho o suficiente – são implacáveis e carregam formas variadas. Para matá-los, padronizar as armas pode ser uma saída inteligente. Para cada criatura, o jogador deve definir qual defesa tomará a seu favor e usá-la no decorrer da história. Contrariando o que já foi visto até aqui, a “sniper” é a arma que menos pode ser utilizada com eficácia. Como a proporção dos inimigos aumentou, ou seja, seu tamanho, usar as metralhadoras incisivas que ficam espalhadas em alguns pontos dos campos, ou a Boomshot Grenade Launcher, que os grostescos Boomers empunham, pode fazer a diferença em momentos críticos.

Já a Lancer Assault Rifle está lá para o que der e vier, com a sua serra acoplada, rendendo combates “melee” que são o ponto forte na agitação dos confrontos. Travar uma disputa de serra não tem preço, e isso você vê em Gears 3 como aconteceu no jogo anterior.

Um auxílio que parece ter vindo dos céus são os mechas militares, denominados de Silverback e Multi Turret. Eles são usados tanto para carregar itens importantes de um ponto a outro, bem como armadura, sob a defesa de duas poderosas metralhadoras que se estendem sobre seus braços (andar nisso é genial).

Além disso, temos um novo aparato de granadas, que inclusive o jogador pode colocar dentro da boca do adversário para fazê-lo ir para os ares em grande estilo. É sádico, mas nada que comprometa – mais - a sua sanidade. Tem granadas de veneno e as granadas de fogo, que se assemelham ao coquetel molotov.

Catapultas, facões, lança-chamas e uma infinidade de novas armas foram disponibilizadas nesse novo jogo, o que dá possibilidades incontáveis de montar sua estratégia de ataque, sem ficar engessado. As finalizações também estão mais carniceiras, e você continua usando Locusts como escudos enquanto agonizam, ou enquanto rastejam. Pode chutá-los e cravar a serra sem dó nem piedade.

O pessoal fala que esse é um jogo com testosterona saindo pelos poros, o que não deixa de ser uma verdade, mas se você pensa que só os homens são violentos nessa história, é porque não viu Anya em ação. Karen Traviss colocou a mulherada para mostrar seu lado violento no jogo, fazendo com que toda a fúria reportada até aqui faça algum sentido quando o mundo está desabando e a força tarefa, proveniente tanto de homens quanto de mulheres, seja mais do que justificada.

A interação dos personagens com os ambientes também mudou. Desde apagar o fogo com um extintor até dedilhar um piano, tudo foi repensado para que o realismo seja maior.

Com gráficos produzidos pela engine mais cobiçada entre as desenvolvedoras, a Unreal Engine, a Epic criou um Gears mais belo tanto na sua ambientação quanto no movimento dos personagens e suas feições características. Considerando que se trata de um console potente, tudo se encaixa, fazendo jus ao que foi pretendido nesse sentido. Trocando em miúdos, o jogo é lindo e com profundidade detalhista.

O modo multiplayer também vem que vem. Para quem busca desafio online, Gears of War 3 traz o modo "Beast". Ele é o modo oposto ao "Horde", e nele o jogador se torna um locust. Após matar diversos adversários, upgrades estarão disponíveis para que o jogador possa ascender a uma classe mais forte de Locust. O modo "Horde 2.0" também estará incluído neste jogo e nele é possível acumular dinheiro no jogo e então gastá-lo em barreiras, distrações, metralhadoras estacionárias entre outras coisas.

Para quem se empolgou com a trilha sonora de Gears 1, considerada uma das melhores entre os jogos feitos, pode gostar da de Gears 3. É poderosa e pesada, conforme a história cheia de altos e baixos pede. Quem assina o trabalho é Steve Jablonsky, que trabalhou com a trilha de Transformers: Revenge of the Fallen e ao lado do mestre Hans Zimmner (Batman: O Cavaleiro das Trevas). Coisa fina!

Gears  of War 3 é propriamente mais intenso que seus antecessores e uma experiência que pode deixar saudades. É, saudades, pois não pude decifrar se haverá uma brecha para um quarto capítulo. O game vale mesmo a pena.

Gráficos: 9,5
Som: 9,5
Jogabilidade: 9,5
Diversão: 9,5
Nota Geral: 9,5

Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3 Gears of War 3
Gears of War 3
Gears of War 3 slideshow lupa
Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

RECEBA NOSSAS
NOTÍCIAS POR E-MAIL
ASSINE NOSSA NEWSLETTER DIÁRIA