2

Conheça o Kobo Touch, leitor de livros digitais da Livraria Cultura

Por Pedro Cipoli RSS | 04.02.2013 às 07h05

Kobo

Chegou em nosso laboratório de testes o Kobo Touch, versão intermediária do e-reader utilizado pela Livraria Cultura, situado entre o Kobo Mini e o Kobo Glo. Ter o "Touch" no final do nome já indica que tanto a interface quanto os controles de leitura são sensíveis ao toque, mas logo que o tiramos da caixa vemos que não temos outra opção, afinal, o Kobo Touch só possui um botão ligar e um botão para voltar para a tela inicial.

A tela em si não é diferente da que temos no Kindle, seu maior concorrente. Ela apresenta a mesma tecnologia e-ink, com 6 polegadas e resolução 800x600. O fato de ser sensível ao toque pode chamar bastante a atenção e ajudar na hora de acessar a loja virtual e selecionar os livros, mas para ler não a consideramos tão prática. Para quem costuma ler com uma mão, por exemplo, um botão dedicado a virar as páginas faz falta.

Um grande diferencial do Kobo Touch é o suporte ao formato EPUB, padrão brasileiro de livros digitais, o que é uma boa notícia para quem gosta de baixar artigos e tutoriais e ler em qualquer tamanho de tela, ao contrário do PDF, que não possui esse recurso conhecido como "text-reflow". Além disso, traz uma entrada para cartões microSD de até 32 GB, necessário para quem costuma transferir livros do PC, em geral com tamanhos maiores em relação aos livros comprados na loja.

Embora traga uma tela com tecnologia semelhante à do Kindle, o Kobo Touch sai na frente quando se trata de formatação de textos, trazendo mais opções de fontes, tamanhos, margens e outros recursos importantes na hora de ajustarmos a página e começarmos uma leitura dinâmica. Por não ter um botão dedicado, o fato de termos que virar a página passando o dedo na tela ou clicando na borda passa a ser um incoveniente depois de algum tempo lendo, sendo necessário utilizar as duas mãos para ter um melhor aproveitamento.

Com uma antena Wifi embutida, temos acesso à loja de livros da Livraria Cultura para comprar novos títulos, mas nada de antena 3G. Não há um navegador como no Kindle (embora o aparelho da Amazon também apresente um modelo bastante experimental). Isso não chega a ser uma desvantagem, uma vez que quem já utilizou o navegador do e-reader da Amazon sabe o quanto a experiência é ruim, afinal, estamos falando de um leitor de e-books, não de um tablet.

Conclusão

O Kobo Touch é vendido pelo preço oficial de R$ 399 na loja online da Livraria Cultura, sendo exatamente R$ 100 mais caro do que o Kindle. A pergunta que todos querem saber é: vale a pena investir esse dinheiro a mais? O Kobo Touch tem recursos que justifiquem o seu preço mais alto?

Acreditamos que a resposta seja não, e por dois motivos: em primeiro lugar, por mais que ofereça formatações de texto adicionais, a tela possui a mesma tecnologia e-ink, não apresentando nenhuma vantagem em relação ao Kindle nesse ponto. O preço adicional, nesse caso, provavelmente está na tela sensível ao toque, que é sub-utilizada em um e-reader.

Em segundo lugar, O Kobo Touch não traz os recursos superiores do Kobo Glo (processador melhor, resolução maior e retroiluminação, tudo isso por somente R$ 50 a mais), nem possui o preço competitivo do Kobo Mini, que custa R$ 289, não possuindo atrativos nem em relação à própria linha de Kobos.

De qualquer forma, seu único concorrente é o Kindle que chegou ao Brasil, já que as opções que tínhamos aqui, como o Positivo Alfa e o Gato Sabido, estão situados em faixas de preço muito maiores, custando o dobro do Kobo Touch e oferecendo menos recursos. Então para o nosso mercado, que ainda é pouco competitivo, ele é uma das melhores opções.

Vantagens

  • Possui uma "pegada" melhor que o Kindle por trazer a parte de trás texturizada
  • A tela sensível ao toque facilita a escolha de livros e navegação na Livraria Saraiva

Desvantagens

  • O recurso touchscreen acaba sendo subutilizado, e é ele que encarece o Kobo Touch
  • Ausência de um botão dedicado para leitura, ideal para quem lê com apenas uma mão
Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

FIQUE ATUALIZADO
RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS POR E-MAIL